Cavalera Conspiracy: Groove Metal com uma pegada agressiva

Resenha - Blunt Force Trauma - Cavalera Conspiracy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Renato Spacek
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Misture tudo que possa ser ligado ao Groove Metal com uma pegada muito agressiva e "largada", é esse o modo perfeito de descrevermos Blunt Force Trauma, o novo disco do Cavalera Conspiracy, banda formada pelos irmãos Max e Igor Cavalera, brasileiros, apesar do grupo ter sido formado nos Estados Unidos. Lançado três anos depois de seu último (e primeiro, diga-se de passagem) lançamento, Inflikted, Blunt Force Trauma me contagiou do início ao fim.
5000 acessosMax e Iggor Cavalera: conheça o ônibus de turnê dos irmãos5000 acessosIron Maiden: As 5 músicas mais fracas da carreira da banda

Muitas bandas pesadas fazem um som, por mais que seja bom, maçante, e esse é muitas vezes o problema de bandas Groove, mas com certeza não é o problema do Cavalera Conspiracy, pois aqui o grupo faz um som ao mesmo tempo pesado, agressivo e nada cansativo, podendo ser ouvido na íntegra sem nenhum cansaço. Riffs de guitarras excelentes, com notas agudas intercaladas entre acordes velozes e graves - característica muito comum no Groove Metal - vocais bem versáteis, pois temos aquele vocal "semi-gutural" gritado comum no gênero, o clássico gutural de Max Cavalera, e poucos vocais limpos.

A cozinha da banda mantém uma velocidade, peso e rítmo incríveis. Muitas vezes remetendo ao Thrash e até ao Death Metal - outro fator bem comum em bandas do gênero -, o grupo não foge de nenhum parâmetro proposto pelo Groove Metal, mas dentro de tais, fazem coisas excelentes. Solos de guitarras vicerais são presentes em todas as músicas, assim como riffs e linhas de baixo grooveadas.

Simplesmente excelente. Max Cavalera se superou novamente com o mais novo disco do Cavalera Conspiracy. Desde a produção até a mixagem do álbum estão impecáveis, e, principalmente, a música, que não peca em praticamente nada.

1. Warlord - 03:05
2. Torture - 01:51
3. Lynch Mob - 02:31
4. Killing Inside - 03:28
5. Thrasher - 02:49
6. I Speak Hate - 03:10
7. Target - 02:36
8. Genghis Khan - 04:23
9. Burn Waco - 02:52
10. Rasputin - 03:22
11. Blunt Force Trauma - 03:58

Max Cavalera - Vocals, Guitars
Igor Cavalera - Drums
Marc Rizzo - Guitars
Johnny Chow - Bass

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Blunt Force Trauma - Cavalera Conspiracy

5000 acessosCavalera Conspiracy: Mais Sepultura do que eles próprios5000 acessosCavalera Conspiracy: "Blunt Force Trauma" é um discaço3575 acessosCavalera Conspiracy: Ainda não mata a ansiedade dos bangers5000 acessosCavalera Conspiracy: Deve causar alvoroço em todo planeta

Max e Iggor CavaleraMax e Iggor Cavalera
Conheça o ônibus de turnê dos irmãos

1503 acessosSepultura: veja a performance da banda no programa Metropolis0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

SepulturaSepultura
Demo rara com Andreas Kisser no vocal

Max CavaleraMax Cavalera
"Ozzy me encorajou muito depois que saí do Sepultura".

SepulturaSepultura
Versão de "Johnny B. Goode" no Música Boa ao Vivo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Cavalera Conspiracy"0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"

Iron MaidenIron Maiden
As 5 músicas mais fracas da carreira da banda

MetallicaMetallica
Lista de exigências deles e de outras bandas para o Lollapalooza

AC/DCAC/DC
Axl foi mal no ensaio, mas banda teve paciência

5000 acessosCourtney Love: "Antes de morrer, Kurt odiava o Nirvana"5000 acessosRed Hot Chili Peppers: ouça baixo isolado de Flea em várias músicas5000 acessosCapas: confira 10 das mais belas do Rock/Metal Nacional5000 acessosPara músicos: dicas para encarar o medo do palco5000 acessosSlayer: assassino do pai culpa a banda e assume morte de Jeff5000 acessosFutebol: conheça os times do coração de alguns rockstars

Sobre Renato Spacek

Brasiliense e amante do Metal, reside no exterior e tem preferência pelos subgêneros Folk, Power e Groove, mas não se limita a isso, pois também aprecia outros estilos tais como Thrash Metal, Hard Rock, Glam Metal, Death Metal e Black Metal, mas é bem seletivo com os dois últimos. É baixista e conheceu o Rock através do KISS, em 1999, entretanto sua banda preferida é o Dream Theater. Fã de Tolkien, adora os Estados Unidos e a Suécia.

Mais matérias de Renato Spacek no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online