Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemTodos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

imagemO dia que os membros do Black Sabbath foram amaldiçoados por uma seita satânica

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemIntegrantes do Rush relembram a época que abriram shows para o Kiss, em 1975

imagem"Eu não tinha ideia de quão grande o Maiden iria ficar", diz Bruce Dickinson

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon


Thrashgrinder: Influências do thrash e do grind dos anos 80

Resenha - Seeds of Revolution - Thrashgrinder

Por Petri da Costa
Em 03/02/11

Nota: 8

A Finlândia, associada por muitos (hoje em dia) com bandas cheios de melodias como Nightwish, Stratovarius, Apocalyptica e outros, tem na verdade uma cena bem diversa. Infelizmente poucos conhecem esse "outro" lado da cena musical da Finlândia. O Thrashgrinder é mais um exemplo desse "outro" lado e uma boa promessa da nova geração de bandas finlandesas.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Velocidade, energia e peso são as primeiras coisas que vêm a mente escutando os finlandeses do Thrashgrinder. O nome da banda já da uma idéia do tipo de som que eles tocam e ao decorrer das 13 músicas peresentes nesse debut da banda, "Seeds of Revolution" (American Line Prod.), o ouvinte percebe claramente fortes influências do thrash e do grind dos anos 80. O álbum conta com músicas cheios de riffs e solos cortantes e velozes, a bateria e baixo pulsante e frenético, aliados de três tipos diferentes de vocais: o principal de Rodde Artiga (originalmente do El Salvador) e alguns vocais gritados do guitarrista Patrik Nuorteva e alguns guturais do baixista Jarno Olin. Tudo isso cria um peso sonoro interessante, com refrões que ficam na mente e traz aquele 'mosh feeling' empolgante.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Claro que a proposta da banda não é nada inovadora, mas isso não é nenhum problema, afinal os integrantes da bandas são competentes e tocam extremamente bem. Um outro destaque do álbum é o formato do encarte que parece um jornal, que cai bem com os temas tratados pela banda. Talvez a única crítica que posso achar nessa grande estréia é o assunto de algumas letras. Vamos tomar o exemplo da música "Lies", onde o vocalista desabafa sua frustração sobre campanha eleitoral de políticos: "Thousands of money wasted in a pointless campaign while education and health are just a joke in vain" (Milhares de dinheiro gastados a toa numa campanha sem sentido enquanto a educação e a saúde são somente uma piada). Esse é caso da Finlândia, onde todos os integrantes moram ou o caso do El Salvador, de onde o vocalista é? A intencão da banda, ou do vocalista, é de criticar os males da sociedade no El Salavdor, na Finlândia ou no mundo? Não critico o vocalista por querer falar sobre seu país natal, mas acho que seria mais interessante ele falar sobre temas, seja políticos ou outros, que sejam mais "pessoais" do que o velho cliché: "eles são corruptos etc etc". A letra de "What are you afraid of?" é um bom exemplo de uma (aparentemente) experiência pessoal do vocalista (um estrangeiro em um país nórdico) e para mim é muito mais interessante do que a letra de "Lies" ou de "System".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas como disse antes, a banda é uma boa promessa e espero que logo, logo venham outros álbuns do Thrashgrinder.

Thrashgrinder:
Rodde Artiga – Vocais
Jarno Olin – Baixo e Backing Vocals
Patrik Nuorteva – Guitarra e Gritos
Perttu Saarsalmi – Bateria
Niki Jurmu – Guitarra

Tracklist:
1. Traffic in Town
2. N.O.I.S.E.
3. What Are You Afraid Of?
4. Invisible War
5. Self Respected
6. Seeds of Revolution
7. No Surrender
8. Lies
9. Disorder in the Court
10.Failed Future
11. System

Bonus Tracks:
12. We Don't Get It
13. Riot Brigade

Sites da banda:
http://www.thrashgrinder.com
http://www.myspace.com/thrashgrinderband

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Petri da Costa

Fanático por cinema e música, colaborou como correspondente na Finlândia para a RockHard-Valhalla de 2002 até 2008, escrevendo reviews de shows e cds. Tem colaborado com a whiplash desde 2007.

Mais matérias de Petri da Costa.