RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemMembro do Guns N' Roses vai na Galeria do Rock de SP e compra camiseta oficial

imagemAxl e o pequeno gesto com Slash comprovando que as tretas do passado ficaram pra trás

imagemA banda que mostrou no Rock in Rio como se faz um show num festival gigantesco

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemRafael Bittencourt confessa ambições no início do Angra: "Queria derrubar o Metallica!"

imagemA curiosa origem da rivalidade Sepultura x Sarcófago, segundo Jairo Guedz

imagemO dia que Renato Russo colocou companheiro da Legião em saia justa após piti homérico

imagemO motivo que fazia Ozzy Osbourne não se sentir "tão importante" no Black Sabbath

imagemOs dois rockstars que influenciaram Casagrande a entrar no mundo das drogas

imagemGuns N' Roses pede sugestões de músicas para tocar nos shows

imagemA chave oculta no disco do Led Zeppelin que Raul usou para abrir as portas do conhecimento

imagemO hit de Cazuza feito durante internação e que seria indireta para affair Ney Matogrosso

imagem"Tá na hora de termos críticos de críticos", diz Maurício Meirelles sobre Regis Tadeu

imagemCinco perrengues que todo headbanger já passou em algum show de metal

imagemEx-guitarrista do Whitesnake relembra seu teste para substituir Ace Frehley no Kiss


NFL Steve Harris

Paul McCartney: seleção de grandes músicas, como sempre

Resenha - Good Evening New York City - Paul McCartney

Por Doctor Robert
Em 13/12/09

Se para a maioria dos artistas escolher quais músicas irá incluir em seu repertório pode ser um grande problema, poucas pessoas na história da música podem se gabar de ter dificuldades justamente no contrário, como é o caso de sir Paul McCartney: ter que escolher quais canções deixar de fora do set-list de seus shows. Afinal de contas, para um artista em plena atividade, com cerca de cinquenta anos de estrada e ainda lançando discos relevantes, não deve ser nada fácil passar uma peneira em tantos sucessos, tanta coisa boa já produzida.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Neste álbum ao vivo gravado em Nova York, quarenta e quatro anos depois do famoso concerto dos Beatles no Shea Stadium, o velho Macca nos apresenta uma verdadeira seleção de grandes músicas, como sempre. Remete-nos aos mais remotos primórdios dos "Fab Four", com canções como "I Saw Her Standing There" (com participação especial de Billy Joel), até seus trabalhos mais recentes, como "Flaming Pie", "Only Mamma Knows" e a ótima "Dance Tonight". Resgata clássicos raros de se ver ao vivo, como a antológica "A Day In The Life", homenageia os falecidos ex-companheiros de banda tocando suas composições (John Lennon em "Give Peace A Chance", George Harrison em "Something" – que começa com Paul apenas no ukelele e depois entra com a banda toda, numa ótima versão). E, obviamente, toca as canções obrigatórias de sempre em seu set-list: "Jet", "Yesterday", "Live And Let Die", "Back In The USSR", "Let Me Roll It", "Band On The Run", "Let It Be", "Hey Jude" e, encerrando tudo, a dobradinha "Sgt. Pepper’s/The End". Resumindo: tem de tudo um pouco, para todos os gostos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Merece destaque também a inclusão de grandes músicas que não eram apresentadas já há algum tempo, como "I’ve Got A Feeling", "Mrs. Vanderbilt", "Drive My Car" (que abre o disco), "Day Tripper" e "Helter Skelter" (embora esta tenha aparecido numa versão mais empolgante recentemente no DVD "Live At Red Square"). Outra boa surpresa é a execução de "I’m Down", faixa "lado B" dos Beatles que foi um dos grandes momentos da apresentação de 1965, onde John Lennon literalmente pirou, tocando os teclados com o cotovelo – conforme pode ser visto na coleção "Anthology".

Mais um ponto a favor: a banda que acompanha Paul. É aquela mesma que já o vem fazendo há algum tempo, e conta com Rusty Anderson e Brian Ray nas guitarras (e o segundo no baixo também), o grande (em todos os sentidos) Abe Laboriel Jr. na bateria e o velho companheiro Paul "Wix" Wickens nos teclados e orquestrações. Uma banda excelente que deu um novo gás na carreira desacreditada que Paul vinha arrastando anos atrás. Quem já teve o prazer de degustar "Back In The U.S.", talvez o melhor álbum ao vivo de sua carreira, sabe muito bem disso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Acomanha ainda o lançamento, um DVD mesclando filmagens profissionais com imagens de câmeras de fãs presentes no concerto.

Um prato cheio para fãs do bom e velho rock and roll. Uma grande sugestão de presente de Natal. E, acima de tudo, um belo aperitivo para a (até agora) provável nova visita que o eterno beatle nos fará em 2010. Cruzemos os dedos!

CD1:
01. Drive My Car
02. Jet
03. Only Mama Knows
04. Flaming Pie
05. Got To Get You Into My Life
06. Let Me Roll It
07. Highway
08. The Long And Winding Road
09. My Love
10.Blackbird
11.Here Today
12.Dance Tonight
13.Calico Skies
14.Mrs. Vandebilt
15.Eleanor Ridby
16.Sing The Changes
17.Band On The Run

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

CD2:
01. Back In The USSR
02. Im Down
03. Something
04. Ive Got A Feeling
05. Paperback Writer
06. A Day In The Life / Give Peace A Chance
07. Let It Be
08. Live And Let Die
09. Hey Jude
10.Day Tripper
11.Lady Madonna
12.I Saw Her Standing There
13.Yesterday
14.Helter Skelter
15.Get Back

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Beatles: A música que Paul McCartney compôs para calar a boca de Pete Townshend

Paul McCartney lamenta morte de seu cunhado e advogado: "Extremamente triste"

As músicas de John Lennon favoritas de Paul McCartney - nos Beatles e solo

Paul McCartney comenta o impacto de Elvis Presley no começo de sua carreira

The Beatles: As 4 músicas com Paul McCartney na bateria

10 músicas dos Beatles das quais Paul McCartney não gostava

Quando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

Dave Grohl participa de show de Paul McCartney no Glastonburry; veja vídeo

Bob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

Beatles: Quem compôs o middle 8 de "And I Love Her"? John Lennon ou Paul McCartney?

Beatles: A música de Paul McCartney que John Lennon queria ter cantado

A análise de Paul McCartney dos principais singles lançados em fevereiro de 1966

A opinião de John Lennon e Paul McCartney sobre os Sex Pistols

As composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

Beatles: Paul McCartney conta a história por trás de "Ob-La-Di, Ob-La-Da"

10 músicas dos Beatles das quais Paul McCartney não gostava

A categórica visão de Paul McCartney sobre quem foi o responsável pelo fim dos Beatles

Rolling Stone: 10 maiores baixistas de todos os tempos

The Simpsons: 10 melhores aparições de roqueiros no desenho

Fotos de Infância: Red Hot Chili Peppers


Sobre Doctor Robert

Conheceu o rock and roll ao ouvir pela primeira vez Bohemian Rhapsody, lá pelos idos de 1981/82, quando ainda pegava os discos de suas irmãs para ouvir escondido em uma vitrolinha monofônica azul. Quando o Kiss veio ao Brasil em 1983, queria ser Gene Simmons e, algum depois, ao ver o clipe de Jump na TV, queria ser Eddie Van Halen. Hoje é apenas um bom fã de rock, que ouve qualquer coisa que se encaixe entre Beatles e Sepultura, ama sua esposa e juntos têm um cãozinho chamado Bono.

Mais matérias de Doctor Robert.