Matérias Mais Lidas

imagemFilho de Trujillo fez guitarra na "Master of Puppets" que toca em Stranger Things

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemSummer Breeze Open Air Brasil acontece em abril de 2023 em São Paulo

imagemPink Floyd: Suas 10 músicas mais subvalorizadas, segundo a What Culture

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemLady Gaga: "o Iron Maiden mudou a minha vida!"

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemOuça "World On Fire", faixa do novo álbum do Stratovarius

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"


Stamp

Hangar: audição que se distancia do que se espera

Resenha - Infallible - Hangar

Por Ben Ami Scopinho
Em 02/12/09

Nota: 8

Depois do reconhecimento de "The Reason Of Your Conviction" atingir até mesmo alguns países além-mar em 2007, foi uma surpresa para todos quando Nando Fernandes anunciou que estava se desligando do posto de vocalista do Hangar. Sem problemas... Pouco tempo depois a banda já contava com a versátil voz de Humberto Sobrinho (Glory Opera) e, devidamente reestruturada, seguiu adiante e sedenta por novas composições.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim, após toda a tensão empregada para expressar a euforia homicida de um serial killer no já mencionado "The Reason Of Your Conviction", o Hangar proporciona agora um repertório bem mais descontraído. "Infallible" possui canções com muito da conhecida distorção do Power Metal Melódico, mas em um repertório onde foram calculadamente inseridas várias faixas lentas, resultando em uma audição que se distancia consideravelmente do que se espera dos álbuns do gênero.

Ainda que haja várias ocasiões realmente pesadas, como nas matadoras "A Miracle In My Life" e "Some Light To Find My Way", metade das 12 composições da edição nacional de "Infallible" podem ser consideradas como baladas, tendo em "Time To Forget" uma das mais bonitas do ano. Ou, se não são lentas, são executadas de forma tão intensa e solene que cativam com sua acessibilidade, como é o caso de "Dreaming Of Black Waves".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os covers foram muito bem selecionados. Seja com a gostosa acústica "39´" (Queen), ou com "Mais uma Vez" (Renato Russo e Flávio Venturini), agora com a participação do Roupa Nova – talvez a geração mais nova desconheça, mas esse pessoal fez muito sucesso entre os apaixonadinhos dos anos 80 – o certo é que estes bônus somente contaram pontos a favor do álbum.

Com a produção dividida entre os municípios de Tatuí (SP), Florianópolis (SC) e Alemanha, este álbum conquista pelo alto requinte e bom gosto de suas composições, mostrando um Humberto não teme 'brincar' com sua voz, ou Aquiles continuado a injetar uma musicalidade toda brasileira (graças!) nas canções. Assim, sem apresentar nada de revolucionário, "Infallible" é um discão!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formação:
Humberto Sobrinho - voz
Eduardo Martinez - guitarra
Fábio Laguna - teclados
Nando Mello - baixo
Aquiles Priester - bateria e percussão

Hangar - Infallible
(2009 / Dynamo Records - nacional)

01. The Infallible Emperor (1956)
02. Colorblind
03. Solitary Mind
04. Time To Forget
05. A Miracle In My Life
06. The Garden
07. Dreaming Of Black Waves
08. Based On A True Story
09. Handwritten
10. Some Light To Find My Way
11. 39’ (bônus)
12. Mais uma Vez (bônus)


Outras resenhas de Infallible - Hangar

Resenha - Infallible - Hangar

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemA visão de Fábio Laguna sobre o fato de o Hangar ter tido 5 vocalistas diferentes



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.