Matérias Mais Lidas

AC/DC: as ordens de Malcolm para quem ia subir ao palcoAC/DC
As ordens de Malcolm para quem ia subir ao palco

AC/DC: a reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vezAC/DC
A reação de Angus Young quando ouviu Jimi Hendrix pela primeira vez

Metallica: a fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à bandaMetallica
A fortuna que Robert Trujillo recebeu só para se juntar à banda

Covers: dez bandas de rock e metal que gravaram álbuns para homenagear seus ídolosCovers
Dez bandas de rock e metal que gravaram álbuns para homenagear seus ídolos

Kiss: veja o rápido show de volta aos palcos em Nova IorqueKiss
Veja o rápido show de volta aos palcos em Nova Iorque

Iron Maiden: As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a LoudwireIron Maiden
As 44 músicas nunca tocadas ao vivo, segundo a Loudwire

Epica: saiba tudo o que rolou em Omega Alive, a superproduzida livestream da bandaEpica
Saiba tudo o que rolou em "Omega Alive", a superproduzida livestream da banda

Guns N' Roses: quando a banda ajudou Ian Astbury, do The Cult, a fugir da políciaGuns N' Roses
Quando a banda ajudou Ian Astbury, do The Cult, a fugir da polícia

Chorão: quando o vocalista do Charlie Brown Jr tretou com Hermes e RenatoChorão
Quando o vocalista do Charlie Brown Jr tretou com Hermes e Renato

Toyah Willcox e Robert Fripp: Confira versão de Sweet Dreams, do EurythmicsToyah Willcox e Robert Fripp
Confira versão de "Sweet Dreams", do Eurythmics

David Ellefson: a diferença de trabalhar com Max Cavalera e Dave Mustaine, segundo eleDavid Ellefson
A diferença de trabalhar com Max Cavalera e Dave Mustaine, segundo ele

Deep Purple: a fase com David Coverdale e Glenn Hughes foi o auge da banda? (vídeo)Deep Purple
A fase com David Coverdale e Glenn Hughes foi o auge da banda? (vídeo)

Go Ahead And Die: Não me importo em ser comparado com meu pai, diz filho de MaxGo Ahead And Die
"Não me importo em ser comparado com meu pai", diz filho de Max

Brian May: por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palhetaBrian May
Por que ele prefere tocar com moeda ao invés de palheta

Andre Matos: O Legado do MaestroAndre Matos
O Legado do Maestro


Blind Guardian
Stamp

Candlemass: queda pelo lado obscuro da existência

Resenha - Death Magic Doom - Candlemass

Por Giorgio Moraes
Em 30/10/09

Com 23 anos de serviços prestados ao bom e velho Rock n' Roll, uma banda ainda precisa provar alguma coisa pra alguém? Talvez realmente não precise, mas para o Candlemass isso não pode ser motivo para que se passe a produzir discos ruins. Prova disso é o excelente "Death Magic Doom", 10º trabalho dos doomers suecos.

A fórmula não foi mexida: Doom com fortíssimas pitadas de Heavy. Isso já se vê (e ouve) em "If I Ever Die", música que abre caminho para as guitarras arrastadas de Lars Johansson e Mappe Bjorkman; para o poderoso vocal de Robert Lowe; para a correta bateria de Jan Lindh; e para o baixo pulsante de Leif Edling. Ao longo de mais de 51 minutos, somos brindados com pérolas como "The Bleeding Baroness"; "Demon Of The Deep"; House Of 1000 Voices"; e "Dead Angel".

É inegável que o Candlemass bebe na fonte do Black Sabbath: melodias arrastadas, construídas em cima de riffs graúdos e emolduradas por letras que tratam da queda do ser humano pelo lado obscuro da existência. Creio não ser exagero afirmar que o Doom, em si, beba dessa fonte.

Destaque para o encarte - simples, direto e objetivo - e para a produção em estúdio. A mixagem de Chris Laney (cultuado músico sueco) conseguiu dar quilos extras aos já carregados riffs de guitarra. O "tapa" final ficou por conta da masterização comandada por Soren von Malmborg.

O Ministério da Saúde Musical adverte: aperte o play!

Para conhecer mais:
http://www.myspace.com/candlemass


Outras resenhas de Death Magic Doom - Candlemass

Candlemass: a essência da banda com o vocalista Robert Lowe

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Pentral
Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Heavy Metal: 10 vídeos involuntariamente engraçadosHeavy Metal
10 vídeos involuntariamente engraçados

Loudwire: as dez melhores bandas de Doom Metal da históriaLoudwire
As dez melhores bandas de Doom Metal da história

1986: O ano definitivo da música pesada1986
O ano definitivo da música pesada


Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Giorgio Moraes

Giorgio Moraes, 33 anos, é formado em Letras. Natural do Rio de Janeiro, ele reside a 20 anos em São Luis do Maranhão. Tem em seu currículo shows como Raimundos, Detonautas, Skank, e a histórica apresentação dos Stones em Copacabana, no ano de 2006. Escritor, atualmente divulga seu 1º Ebook de poesia.

Mais informações sobre

Mais matérias de Giorgio Moraes.