Obituary: ainda totalmente consistente em sua proposta

Resenha - Darkest Day - Obituary

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Neste ano de 2009 o Obituary está completando duas décadas de atividades, período em que se estabeleceu como uma das mais influentes bandas de Death Metal do planeta. Agora o quinteto norte-americano da Flórida está chegando ao oitavo trabalho de estúdio, cuja discografia é dona de álbuns com sutis características que os tornam distintos entre si, mas sempre seguindo uma linha totalmente consistente em sua proposta.

E "Darkest Day", com seus arranjos despojados, uma brutalidade devastadora e até mesmo desprovido de melodias (ok, os solos possuem melodias...) não foge muito do que se espera do Obituary. Se comparado com o antecessor "Xecutioner's Return" (07), as novas canções se apresentam menos aceleradas e exploram muito bem toda a cadência do gênero, inclusive remetendo diretamente ao "Frozen In Time" (05).

publicidade

Pelo repertório discorrem boas composições, com a quantidade correta de variação de velocidade. O destaque inquestionável fica para a abertura "List Of Dead", com um nível absurdo de agressão, onde Donald Tardy pulveriza tudo com a eficácia de suas baquetas e, principalmente, com Santolla se mostrando um quase virtuoso em seus solos. Aliás, a técnica deste guitarrista resulta em algo muito avançado do proporcionado pelo seu antecessor e presidiário Allen West, o que fornece uma dinâmica bem diferente em muitas ocasiões ao longo da audição.

publicidade

Muitos sentirão que o Obituary está se curando daquela vibração mais doentia, agora já não tão evidente como nos velhos tempos. Consequentemente, alguns de seus fãs poderão até perder o interesse pelo grupo, mas, ainda assim, "Darkest Day" continua sendo bem escrito, dono de riffs cativantes e um peso esmagador, pré-requisitos básicos aos amantes do Death Metal clássico. Confira e tire suas conclusões.

publicidade

Formação:
John Tardy - voz
Trevor Peres - guitarra
Ralph Santolla - guitarra
Frank Watkins - baixo
Donald Tardy - bateria

Homepage: www.obituary.cc

Obituary - Darkest Day
(2009 / Candlelight Records - importado)

01. List Of Dead
02. Blood To Give
03. Lost
04. Outside My Head
05. Payback
06. Darkest Day
07. This Life
08. See Me Now
09. Fields Of Pain
10. Violent Dreams
11. Truth Be Told

publicidade


Outras resenhas de Darkest Day - Obituary

Obituary: Trabalho imperdível para quem curte Death MetalObituary
Trabalho imperdível para quem curte Death Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Death metal: o melhor álbum de cada ano desde 1985, segundo o LoudwireDeath metal
O melhor álbum de cada ano desde 1985, segundo o Loudwire

Obituary: banda transmitirá shows em estúdio, com discos clássicos tocados na íntegra

Obituary: banda está trabalhando em novo disco de estúdio, afirma baixistaObituary
Banda está trabalhando em novo disco de estúdio, afirma baixista


Obituary: os caras do Slipknot tem todos os discos delesObituary
Os caras do Slipknot tem todos os discos deles

Rock e metal: o outro lado das capas de discosRock e metal
O outro lado das capas de discos


Separados no nascimento: Roger Waters e Richard Gere.Separados no nascimento
Roger Waters e Richard Gere.

Rock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin