After Life: conceitual lidando com fragilidade existencial

Resenha - Perpetual Identity - After:Life

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Giorgio Moraes
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Formada no ano de 2000 em cima dos 'restos mortais' de uma outra banda, e após muitas paradas e reformulações em sua formação, os paulistas da After:Life chegam ao debut através do competente "Perpetual Identity", um trabalho conceitual que busca lidar com o tema da fragilidade da existência humana.
5000 acessosMini Iron Maiden: tocando "Ghost Of The Navigator" na escola5000 acessosSepultura: saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

Contendo 5 faixas, o EP consegue ser convincente com seu mix de Metal, elementos do Progressivo e um toque sutil de Gothic - por conta dos doces vocais da bela Anita Cecília. "Failure Of Time" é o cartão de visitas perfeito deste EP: os vocais agressivos de André Rima duelando com a suavidade de Anita - ambos acompanhados das vibrantes guitarras de Fernando Eiger e Hélio Júnior; do forte baixo de Marcelo Eiger; da imponente bateria de Tony Del Nero; e dos teclados de Marcelo Loureiro (isso de acordo com informações constantes no encarte, visto que no MySpace aparece a banda com uma formação diversa). Ainda bem que a música produzida em "Perpetual Identity" não apresenta disparidades. Antes, é coesa e sincera - mostrando ser fruto de trabalho árduo. "Why?", 3ª faixa do EP, nasce acompanhada de um belo trabalho de piano e abre as portas para o nervoso André se encontrar com a sutil Anita: "Forgive me anyway. I'm guilty for what you've done". "After:Life" entra na sequência fazendo o casamento de Helloween e Yes. "Crestfallen" fecha as festividades com Anita se exibindo num vôo rasante e certeiro, para me deixar com a sensação que essa banda tem um futuro brilhante. Apesar da fragilidade típica de nossa existência, nos perpetuamos através da beleza de nosso trabalho.

Dou os devidos (e merecidos) créditos a Marcel Briani pelo excelente trabalho gráfico. A produção, enxuta e correta, ficou por conta da banda.

O Ministério da Saúde Musical adverte: keep sounding!

Para conhecer mais:
http://www.myspace.com/afterlifeband

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "After:Life"

Mini Iron MaidenMini Iron Maiden
Tocando "Ghost Of The Navigator" na escola

SepulturaSepultura
Saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

A7XA7X
Músicas que podem (ou não) fazer você mudar de idéia

5000 acessosMotorhead: Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"5000 acessosMarilyn Manson: 7 coisas que você não sabia sobre ele5000 acessosEddie: a foto que supostamente inspirou Derek Riggs5000 acessosPink Floyd: O significado da capa de "The Final Cut"5000 acessosSlipknot: não é só um, eles são um bando completo de palhaços5000 acessosGutural e psicologia: dicas de canto de Angela Gossow

Sobre Giorgio Moraes

Giorgio Moraes, 33 anos, é formado em Letras. Natural do Rio de Janeiro, ele reside a 20 anos em São Luis do Maranhão. Tem em seu currículo shows como Raimundos, Detonautas, Skank, e a histórica apresentação dos Stones em Copacabana, no ano de 2006. Escritor, atualmente divulga seu 1º Ebook de poesia.

Mais informações sobre Giorgio Moraes

Mais matérias de Giorgio Moraes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online