Chipset Zero: elementos que remetem à cultura do Brasil

Resenha - Red-O-Matic - Chipset Zero

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Natural de Guarulhos (SP) e com mais de uma década de atividades, o Chipset Zero veem fazendo crescer seu nome entre os amantes do Heavy Metal modernoso e high tech. O pessoal já excursionou pela Argentina e Chile, além de centenas de apresentações pelo Brasil, tocando ao lado do norte-americano Slipknot, do canadense Kittie, além de feras tupiniquins como Sepultura e Korzus.
5000 acessosMetal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais5000 acessosCantadas Headbanger: "Estou Priest a te dar um beijo!"

Depois da estréia com “Deep Blue” (03), fica a certeza de que o sucessor “Red-O-Matic” continuará a perturbar o público – se isso é positivo ou não, fica a critério do leitor! – com a agressividade de seu rock pesadíssimo repleto de elementos da música eletrônica, algo de rap, industrial e percussão afro-brasileira. O resultado é algo de uma agressividade atormentadora e totalmente alternativo.

O repertório é muito bem nivelado, mas o Chipset Zero acerta mesmo quando investe para valer em elementos que remetem diretamente à cultura do Brasil, exibindo todo o diferencial que podem vir a fazer dentro do gênero. E o exemplo mais bem sucedido é “Hybrid Song”, com trechos cantados em português e com tal percussão que consegue, literalmente, apimentar a canção.

Lançado em uma caprichada embalagem digipack, este segundo álbum conta ainda com a participação especial de Egypcio (vocalista do Tihuana) na já mencionada faixa “Hybrid Song” e do guitarrista Edu Ardanuy (Dr Sin) em “Bio-Chip”.

“Red-O-Matic” com certeza rachará novamente as opiniões de quem tiver a oportunidade de escutá-lo. De qualquer forma, os admiradores de Pantera, Nação Zumbi, Helmet, Biohazard, Sepultura, Nine Inch Nails, etc, poderão encontrar bons motivos para vir a apreciar o Chipset Zero, pois os paulistas realmente sabem o que querem com sua música.

Formação:
Shark - voz e percussão
Ronny - guitarra
Japa - guitarra
Ayka - baixo
Alê - samples
Jaime - percussão
Jamil - bateria

Chipset Zero - Red-O-Matic
(2008 / Voice Music – nacional)

01. Mental Cage
02. Hybrid Song
03. Scanning
04. Asphixia
05. Off
06. Technotic Head
07. Dead Eyes
08. M78
09. Noise
10. Bio-Chip
11. Eternal Flames
12. Expired
13. Hipnox

Homepage: www.chipsetzero.com.br

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Chipset Zero"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Chipset Zero"

Metal/HardMetal/Hard
Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

Cantadas HeadbangerCantadas Headbanger
"Estou Priest a te dar um beijo!"

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Kurt Cobain, do Nirvana, muito antes da fama

5000 acessosAngra: A carta aberta de Edu Falaschi sobre a sua saída5000 acessosButcher Babies: Conheça o Porn Metal de ex-coelhinhas da Playboy5000 acessosDoom Metal: os dez trabalhos essenciais do estilo5000 acessosOzzy Osbourne: o epitáfio do Madman, segundo ele próprio5000 acessosBeatles: Quais as pessoas e objetos da capa do Sgt. Peppers?5000 acessosBandas Iniciantes: 17 maneiras de assassinar sua carreira musical

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online