Harem Scarem: uma roupagem mais atualizada à sua música

Resenha - Hope - Harem Scarem

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Boa parte dos fãs que acompanham a trajetória do Harem Scarem sempre considerou que seus dois primeiros registros apresentam o que há de melhor em sua diversificada discografia. Corretíssimo! Mas, mesmo que muitos não demonstrem apreço por alguns de seus trabalhos mais recentes, temos que considerar o fato de os canadenses estarem na ativa há aproximadamente 20 anos, e sempre procuraram propiciar boas melodias, ainda que em várias ocasiões não se acertem ao (tentar) modernizar seu Hard Rock...

De qualquer forma, o Harem Scarem está liberando "Hope", seu 12º álbum de estúdio, onde os líderes Harry Hess (voz) e Pete Lesperance (guitarra) enfim mostraram uma maior sintonia ao dar uma roupagem mais atualizada à sua música, apresentando vários arranjos tão consistentes que podem ser considerados como os melhores já liberados pelo grupo nos últimos anos.

publicidade

Assim sendo, e ainda que mantenha laços com o passado, este novo disco segue com muito da orientação dos últimos trabalhos, mas realmente soa muito, mas muito melhor, em especial pelo resultado dos refrões. É óbvio que as bandas do gênero sempre apresentaram grande preocupação com esta parte das canções, mas os de "Hope" conseguem se superar neste quesito, pois estão tão emocionais que fatalmente o ouvinte já sai cantando logo após a primeira audição.

publicidade

A abertura bem contemporânea "Watch Your Back", além de "Dark Times" e "Beyond Repair" são destas canções que se sobressaem pela agressividade dos riffs, conseguindo ser até mesmo obscuras (é mole?), algo além do que se poderia esperar do conjunto. Baladas? "Shooting Star" (olha lá o tal refrão de novo!!!) e "Nothing Without You" estão incríveis, e a primeira já pode ser considerada como uma das mais bonitas faixas lentas do ano.

publicidade

Enfim, "Hope" se saiu muito bacana – o termo pode parecer simplório, mas define o disco muito bem – e talvez venha a surpreender e até mesmo reacender a esperança nos antigos fãs do Harem Scarem em escutar novamente algumas daquelas grandes canções de Hard Rock / AOR. É claro que as reclamações e comparações com o passado continuarão e resultarão em controvérsias, mas quem consegue agradar a todos?

publicidade

Formação:
Harry Hess - voz, teclados e guitarra
Pete Lesperance - guitarra e teclados
Barry Donaghy - baixo
Creighton Doane - bateria

Harem Scarem - Hope
(2008 / Frontiers Records – importado)

01. Watch Your Back
02. Time Bomb
03. Hope
04. Days Are Numbered
05. Dark Times
06. Beyond Repair
07. Never Too Late
08. Shooting Star
09. Calm Before The Storm
10. Nothing Without You

publicidade

Homepage: www.haremscarem.net




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


AOR: dez álbuns essenciais dos anos noventaAOR
Dez álbuns essenciais dos anos noventa


Iron Maiden: o pior momento de Bruce Dickinson no palcoIron Maiden
O pior momento de Bruce Dickinson no palco

Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloMetal Progressivo
Os dez melhores álbuns do estilo


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin