Genocídio: verdadeiro tributo à história de Perna e Cia

Resenha - Probations Live - Genocídio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maurício Dehò
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


"Sujo, rápido, podre e tosco". É assim que Perna queria, há 21 anos que sua banda soasse. Hoje, o Genocídio melhorou, não é tão podre e tosco assim e, depois de duas décadas muito ricas, ganhou um registro em DVD/CD que realmente era merecido. "Probations Live", desenvolvido em parceria da revista Comando Rock e a gravadora Voice Music Records mostra o atual quarteto, além de fazer um verdadeiro tributo à história de Perna e Cia.
5000 acessosSasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil5000 acessosNickelback: 11 razões para respeitar - muito - a Chad Kroeger

Gravado em São Paulo, no Blackmore Rock Bar, no fim de 2006, o resultado ficou até surpreendente. Se a tradicional casa é pequena, a produção visual do DVD soube explorar o máximo possível para fazer um registro de primeira linha, muito rico. Sempre com efeitos, o vídeo teve um acabamento excelente e pode ser considerado um dos melhores nacionais, sem sombra de dúvida.

Se a imagem é boa, o som não poderia deixar de ser. E aí esta outra qualidade, com todos os instrumentos e o vocal se sobressaindo na medida certa. Com tudo isso em cima, ficou fácil para os músicos no palco.

Perna, que teve um horrível acidente na Galeria do Rock, perdendo parte de um de seus polegares, mostra muito talento também no baixo, após ter se adaptado ao instrumento, deixando a guitarra. Já Murilo é muito talentoso nos sombrios vocais da banda, mandando muito bem nos guturais e também em linhas ainda mais "excêntricas", e também nas seis cordas. Completando o quarteto, dois novos membros também mostram muita qualidade: o guitarrista Dennis, que manda muito bem nos solos, e o baterista Fábio, também de muita qualidade, segurando tudo atrás.

Em cerca de uma hora de show, os paulistas detonam 16 sons (há ainda uma intro), com alguns bons destaques, como a forte abertura "Synthetic Screams" e a agressiva "Condemnation", cheia de climas poderosos, com a sonoridade que só o Genocídio tem: aquela mistura própria de influências de Death, Gótico e até Doom, quando a quebradeira toma um andamento mais arrastado. "Numbness Sunshine" mostra duetos muito bons e a porrada de "Encephalic Disturbance" é tamanha que Murilo perde até o fôlego para agradecer ao público. Vale prestar atenção ainda no cover de Sisters of Mercy, "Black Planet", e "Depression", com destaque para os ritmos levados por Fábio.

Ainda no DVD, há um grande registro com cerca de uma hora de entrevistas com todos os integrantes, filmagens ao vivo – as últimas do documentário de altíssima qualidade – e alguns clipes, estes sim bem toscos. Completa o pacote o CD ao vivo com o show e ainda uma boa versão de estúdio para "Nightmarishly", música gravada já com a formação atual, em 2006.

Sobra pouco a falar, sobre "Probations Live". A história da banda fala por si só e mais ainda com o registro feito. Para quem curte, é obrigatório guardar, para quem é da nova geração e ainda não conhece, vale muito dar uma conferida. Do mal!

Formação:
Murillo Leite - guitarra e vocal
W. Perna – baixo
Dennis Decurion – guitarra
Fábio Moyses – bateria

Track List DVD:
01. Intro
02. Synthetic Screams
03. Pilgrim
04. Condemnation
05. Numbness Sunshine
06. Cloister
07. The Sphere Of Lilit
08. The Sphere Of Nahemah
09. Encephalic Disturbance
10. Heredity
11. Black Planet
12. Black Depth
13. Nigthmarishly
14. Uproar
15. The Grave
16. Depression
17. Countess Bathory

* No CD, há ainda "Nigthmarishly" em versão de estúdio

Lançamento nacional – Voice Music

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Genocidio"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Genocidio"

Sasha GreySasha Grey
Sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

NickelbackNickelback
11 razões para respeitar - muito - a Chad Kroeger

Collectors RoomCollectors Room
Uma impressionante coleção de ítens do Iron Maiden

5000 acessosCapas de álbuns: 30 das piores artes da história5000 acessosDave Navarro: conheça a filha atriz pornô do músico5000 acessosMetallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidas5000 acessosTankard: "Crystal é uma cerveja tão ruim quanto a Heineken"5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine coloca Kiko acima de todos os outros guitarristas5000 acessosBlackmore é removido de camiseta do Purple

Sobre Maurício Dehò

Nascido em 1986, é mais um "maidenmaníaco". Iniciou-se no metal ao som da chuva e dos sinos de "Black Sabbath", aos 11 anos, em Jundiaí/SP. Hoje morando em São Paulo, formou-se em jornalismo pela PUC e é repórter de esportes, sem deixar de lado o amor pela música (e tentando fazer dela um segundo emprego!). Desde meados de 2007, também colabora para a Roadie Crew. Tratando-se do duo rock/metal, é eclético, ouvindo do hard rock ao metal mais extremo: Maiden, Sabbath, Kiss, Bon Jovi, Sepultura, Dimmu Borgir, Megadeth, Slayer e muitas, muitas outras. E é de um quarteto básico que espera viver: jornalismo, esporte, música e amor (da eterna namorada Carol).

Mais matérias de Maurício Dehò no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online