Matérias Mais Lidas

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemO hit do Blind Guardian inspirado em história que deixou banda de queixo caído

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemAngra: Luis Mariutti conta sobre atritos entre Andre Matos e Rafael Bittencourt

imagemNoel Gallagher relembra o dia em que foi ao show de uma banda cover de Oasis

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemA estratégia do Barão Vermelho para evitar críticas de copiar Titãs nos anos 1990


Stamp
Summer Breeze

Rob Rock: o álbum mais pesado da carreira

Resenha - Garden Of Chaos - Rob Rock

Por Ben Ami Scopinho
Postado em 21 de maio de 2008

Nota: 9

O bom homem está de volta! Considerado o dono de uma das mais bonitas vozes de sua geração a ponto de ser respeitado até pelos fãs de fora do círculo do Heavy Metal cristão, o norte-americano Rob Rock está chegando com "Garden Of Chaos", um quarto álbum de estúdio que já vêm sendo considerado por muitos como o mais pesado de sua carreira-solo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Rob Rock não comete o erro de explorar o Power Metal de modo a deformar os fundamentos que dão o devido ‘charme’ ao estilo. Pelo contrário. Ainda que não haja hesitação em inserir boas doses de Thrash Metal às composições, que lhes conferem ainda mais agressividade, o apego às raízes do tal Power permanece forte. E, paralelo a isso, o uso comedido de alguns elementos do Hard Rock e os refrões extremamente melodiosos dão uma tônica que aumenta ainda mais o dinamismo ao longo de toda a audição.

Com a participação de Roy Z e de todos os músicos da banda sueca e cristã Narnia, "Garden Of Chaos" é um verdadeiro arsenal de riffs velozes, mudanças instrumentais que asseguram a atenção do ouvinte e um baterista de técnica notável que impressiona por sua precisão. Naturalmente as metáforas de temática cristã se fazem presente – percebem a relação do título do álbum com aquele outro jardim bíblico que não deu muito certo?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O disco apresenta como convidados Gus G (Firewind), Bobby Jarzombek (Halford, Painmuseum) e alguns outros, tendo canções com boas chances de serem consideradas hinos no futuro, como a própria "Garden Of Chaos" e "Satan’s Playground", que mesclam o Power, Thrash e melodias de forma empolgante. E não ficam muito atrás "Metal Breed" e "Millennial Reign", esta com um dos melhores refrões do repertório.

Um artista privilegiado sob todos os aspectos... Belíssima voz, músicos competentes o acompanhando e uma fase criativa que já vem durando desde 2000. Este é um registro que suprirá muito das expectativas de quem aprecia todo o tradicionalismo do Heavy Metal, e que, a exemplo do antecessor "Holy Hell" (05), merece ser liberado oficialmente no mercado brasileiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formação:
Rob Rock - voz
Carl-Johan Grimmark - guitarra
Andreas Olsson - baixo
Andreas Johansson - bateria

Rob Rock - Garden Of Chaos
(2007 / AFM Records – importado)

01. Garden Of Chaos
02. Satan’s Playground
03. Savior’s Call
04. This Time Is The Last Time
05. Only a Matter Of Time
06. Spirit In The Sky
07. Metal Breed
08. Millennial Reign
09. Unconditional
10. Ride The Wind
11. Ode To Alexander

Homepage: www.robrock.com/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Históricas: Fotos de encontros inusitados entre rockstars

Raul Seixas: O clássico inspirado em Dylan que driblou censura e criticou Roberto Carlos


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.