Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagemMax e Iggor convidam Jairo, detonam no Rio e alfinetam: "Verdadeiro Sepultura"

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii que faz uma dura crítica à panelinha do rock nacional

imagemPrika explica critérios para entrar na Nervosa: "Fascista na minha banda não toca!"

imagemDez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

imagemBittencourt começou a fazer tai chi chuan no camarim após beque de Mariutti bater forte

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra a última vez que viu Syd Barrett

imagemO sensato conselho que Lulu Santos deu para o novato Herbert Vianna

imagemSlayer: Dave Lombardo surpreende ao eleger suas três músicas favoritas

imagemIron Maiden, Nervosa e Megadeth estarão na edição de 2023 do Wacken Open Air

imagemMúsicos famosos fizeram teste para o AC/DC sem que ninguém soubesse, conta baterista

imagemSUV do Offspring pega fogo durante viagem para show


Dream Theater 2022

Ted Poley: os anos 80 estão voltando com tudo

Resenha - Smile - Ted Poley

Por Rafael Carnovale
Em 25/12/07

Nota: 8

Enquanto o Danger Danger não nos brinda com um novo trabalho de estúdio, o vocalista Ted Poley continua uma verdadeira máquina de fazer CD´s e shows. Não bastasse ter vindo ao Brasil duas vezes (com intervalo de 3 meses!), o mesmo lança poucos meses depois de seu primeiro trabalho, o bom "Collateral Damage", este "Smile". Com um bom contrato assinado com a Frontiers Records, Ted teve a chance de trabalhar com ótimos músicos, e o resultado, se não é tão pesado como seu antecessor, não deixa em nada a desejar aos fãs de hard-rock.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

De cara "Waiting Line" nos brinda com aquele hard suave, alegre e contagiante, com Ted cantando muito bem, e guitarras que lembram muito o estilo de Eddie Van Halen. O começo a lá Pearl Jam de "Going Blind" dá lugar a uma pérola hard daquelas de sair cantando junto, seguida pela excelente "Smile". O lado AOR de Ted aparece na boa "More Than Goodbye" e na acústica "More Than Goodbye", enquanto que Poley nos leva de volta aos anos 80 em faixas como "Luv On Me" e "If I Can´t Change Your Heart (Then Let Me Blow Your Mind"), que re-aparece no final do CD, com um ritmo mais suave, e renomeada para "Reprise".

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Quem curte o Danger Danger irá se deliciar com petardos hard como "Why Can´t We Pretend That´s Over?" e a ótima "Will Ya", enquanto "Where It Ends" funciona como uma boa balada. A prova de que os anos 80 estão voltando com tudo, e que Ted continua em grande forma, prometendo em breve mais um CD, da parceria com o guitarrista Vic Rivera. Quem curte hard-rock vai adorar!

Ted Poley – Smile
2007 – Frontiers Records (IMPORTADO)

Formação:
Ted Poley – Vocais
JK Northirup – Guitarras/Baixo
Bateria – Danzoid

Faixas:
Waiting Line
Going Blind
Smile
What If She Knew
More Than Goodbye
Luv On Me
If I Can´t Change Your Heart(Then Let Me Blow Your Mind)
Why Can´t We Pretend That It´s Over
Life Keeps Spinning Me Round
Where It Ends
Will Ya
Reprise (If I Can´t Change Your Heart)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Site Oficial: http://www.tedpoley.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kurt Cobain e a banda brasileira que mexeu com ele: "eles foram muito revolucionários"

O trocadilho picante que Ney fazia em "Pro Dia Nascer Feliz" que Cazuza gargalhava


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.