Matérias Mais Lidas

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemAntes do Led Zeppelin, Robert Plant tentou entrar em outra banda famosa

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista

imagemO arrependimento que David Bowie carregava em relação a Elvis Presley

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"

imagemA reação do pai de Neil Peart quando ele se juntou ao Rush

imagemRolling Stones: Keith Richards compara tocar com Brian Jones, Mick Taylor e Ron Wood

imagemMustaine diz que tentou criar ambiente agradável para gravação de novo álbum do Megadeth

imagemO motivo pelo qual Frank Zappa não gostava de Jim Morrison e o The Doors

imagemMetallica e as músicas fantásticas que sempre ficam escondidas nas playlists

imagemTitãs: como surgiu o título do hit "Bichos Escrotos", segundo Nando Reis

imagemSteve Grimmett não estava doente antes de morrer, diz esposa

imagemA reação de Stevie Ray Vaughan ao ouvir Jimi Hendrix pela primeira vez


2022/07/09
2022/08/18

Private Line: um dos melhores álbuns de Hard do ano

Resenha - Evel Knievel Factor - Private Line

Por Ben Ami Scopinho
Em 30/11/07

Nota: 9

Bom, com certeza a capa deste disco já deve ter feito muita gente ignorar o Private Line... O conjunto vem da Finlândia e está na ativa desde 1996, conseguindo superar alguns consideráveis obstáculos, seja vencendo concursos entre bandas, seja liberando alguns bons EPs que caíram no gosto do público. Mas a coisa começou a crescer mesmo foi em 2003, quando debutaram com "21st Century Pirates", que atingiu ótimas posições nas paradas de sucesso de seu país, tanto que tiveram a oportunidade de tocar ao lado de veteranos como Alice Cooper, Mötley Crüe e D.A.D. A ótima recepção continuou a ponto de este disco começar a ser distribuído por praticamente todo o mundo. Tsc... Menos em locais mais 'fim-do-mundo' como o Brasil.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Mas nem tudo está perdido. A Dynamo Records correu atrás do prejuízo e está liberando agora em terras tupiniquins "Evel Knievel Factor", seu segundo trabalho lançado em 2006, que é um discão! O Private Line é daquelas poucas bandas em que, além da inspiração, existe a observação atenta de suas influências, para posteriormente transformar em algo com características próprias. E se mantém mais longe ainda de serem meras cópias por também investirem em elementos mais modernos. O Hard Rock está lá, temperado com alguns sintetizadores, mas com todos os arranjos pegajosos inerentes do estilo, seja em faixas pesadas, tranquilas ou baladas pop mesmo.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Apesar de os instrumentistas serem extremamente competentes em despejar melodias de fácil assimilação, um dos grandes trunfos do Private Line é o desempenho de Sammy, que, apesar de ser um perfeito esquisitão, se mostra tão confortavelmente versátil cantando, gritando ou gemendo (eu, hein?!?), que consegue chamar praticamente toda a atenção para si. O repertório está muito bem montado, mas dá para destacar "Evel Knievel Factor", "Uniform", a quase dançante "Gods Of Rewind" e "Billion Star Hotel".

"Evel Knievel Factor" funde o velho e o novo com paixão e talento, tanto que, ao lado de "Domino Effect" (Gotthard), é um dos mais impressivos álbuns de Hard Rock liberados neste ano no Brasil, ainda que ambos apresentem propostas bem distintas. Totalmente indicado aos fãs de veteranos como Alice Cooper e Mötley Crüe, além de novos nomes como Wigwam e até mesmo Lordi.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Formação:
Sammy - voz
Jack - guitarra
Ilari - guitarra e sintetizadores
Brat Spit - baixo
Eliaz - bateria

Private Line - Evel Knievel Factor
(2006 / Bad Habits Records - 2007 / Dynamo Records - nacional)

01. (Prelude) For The Daredevils
02. Evel Knievel Factor
03. Broken Promised Land
04. Alive
05. Sounds Advice
06. The Sindicate
07. Prozac Nation
08. Uniform
09. Gods Of Rewind
10. Anyway
11. Billion Star Hotel

Homepage: www.privatelineweb.com

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.