Dark Illusion: recomendado para fãs da NWOBHM

Resenha - Beyond The Shadows - Dark Illusion

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Dark Illusion é uma banda sueca de Power Metal liderada pelo vocalista Thomas Vikstrom, ex-Candlemass, Brazen Abbot, Stormwind e Talk Of The Town (além de ter lançado um álbum solo em 1993 chamado “If I Could Fly”). O grupo lançou um EP em 2003, “For Just Another Night”, e em 2005 colocou no mercado o seu debut, “Beyond The Shadows”, que agora chega ao mercado brasileiro.
5000 acessosPlanet Rock: as maiores vozes da história do rock5000 acessosBlack Metal: banda brasileira fez clipe mais bizarro do universo

O som do Dark Illusion traz enormes influências da saudosa New Wave Of British Heavy Metal, principalmente de bandas como o Saxon, além de algumas passagens de guitarra que nos remetem ao Iron Maiden. Outras características que chamam a atenção são a qualidade dos vocais de Thomas, as melodias agradáveis que saem das guitarras e a bateria agressiva, ou seja, elementos que nos remetem ao Heavy Metal executado durante a década de oitenta, e que foi muito influenciado justamente pela NWOBHM. Essas influências ficam claras também na capa do trabalho e nas letras das músicas, que falam de dragões, cavaleiros, guerreiros, batalhas épicas, enfim, toda a mitologia que se convencionou aplicar à música pesada, principalmente no decorrer dos anos oitenta.

Apesar de ser extremamente tradicionalista em sua proposta, o Dark Illusion a executa com extrema paixão e perfeição, o que faz com que “Beyond The Shadows” seja um álbum muito agradável e prazeroso de ouvir, nos levando de volta em uma viagem no tempo.

Todo o trabalho soa bastante coeso, sólido e convincente, mas eu destacaria algumas faixas que me chamaram mais a atenção do que as outras. São elas: “Child Of The Night”, “Into The Depths”, “Leave No Traces”, “Night Knight”, “Power Of The Evil” (talvez a melhor do disco) e “Break The Chains”.

Os fãs de NWOBHM e Heavy Metal Tradicional irão se deliciar com essa estréia do Dark Illusion, que mostra talento e experiência para ter uma carreira brilhante pela frente. Uma ótima surpresa, que merece ser ouvida.

Faixas:

1. Night Knight
2. Child Of The Night
3. Warrior
4. Power Of The Evil
5. Reaper Of Souls
6. Into The Dephts I Stare
7. Secret Journey
8. Weeper Deeper
9. Tragedy
10. Leave No Traces
11. Sensational Walk
12. Runaway On The Loose
13. Break The Chains
14. Warlord Of The Night

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dark Illusion"

Planet RockPlanet Rock
As quarenta maiores vozes da história do rock

Black MetalBlack Metal
Banda brasileira faz clipe mais bizarro do universo

Roger MoreiraRoger Moreira
"Jovem é de esquerda porque o pai sustenta"

5000 acessosAndreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"5000 acessosMetal: os dez maiores bateristas da atualidade5000 acessosFrances Cobain: "O Twitter deveria banir minha mãe"5000 acessosThrash Metal: Uma Breve Retrospectiva do Gênero2737 acessosBlack and "Blues": a influência do lamento negro no Black Sabbath5000 acessosEleições: E se rockers fossem candidatos a cargos públicos?

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online