Chrome Division: raízes da música pesada

Resenha - Doomsday Rock'n Roll - Chrome Division

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Chrome Division e I. Dimmu Borgir e Immortal. Não deixa de ser sintomático que dois dos maiores grupos da história do black metal estejam envolvidos em novos projetos que exploram sonoridades mais voltadas para as raízes da música pesada. Enquanto o I, capitaneado por Abbath do Immortal, possui uma característica claramente voltada para um som mais extremo, o Chrome Division de Shagrath aposta em uma pegada mais rock and roll.
5000 acessosMetallica: banda foi triplamente sacaneada pelo Grammy5000 acessosRock In Rio: por que ladrões agem menos no dia do Metal?

Ouvindo a música do grupo, é pratimente impossível não lembrar do Motorhead. As guitarras sujas, o clima despojado e, principalmente, o timbre do vocalista Eddie Guz nos remetem de imediato ao grupo de Lemmy Kilmister. Mas as influências não páram por aí. Há em “Doomsday Rock´n´Roll” muito da NWOBHM (não faltam melodias de guitarra em profusão) e do hard que nomes como Twisted Sister e Zodiac Mindwarp faziam há vinte anos.

Chama a atenção também a grande capacidade e versatilidade de Shagrath (vocalista do Dimmu Borgir, mas que aqui atua apenas como guitarrista), que é o principal compositor do Chrome Division e mostra talento de sobra nas doze faixas do disco. Sua performance como guitarrista é muito boa, demonstrando uma faceta que os fãs de sua banda principal certamente não conheciam.

O CD é muito conscistente, e funciona perfeitamente como trilha para uma animada reunião de amigos movida a papo e muita cerveja. Faixas como “Serial Killer”, a cadenciada “Trouble With The Law”, “Chrome Division”, “Breath Easy” (com ótimas guitarras), “The Angel Falls” e “1st Regiment” (que não faria feio na trilha de clássicos do western como “The Good, The Bad & The Ugly”) merecem destaque, mas todas as músicas agradam e convencem.

Uma ótima surpresa, que comprova, mais uma vez, que quem tem talento consegue se destacar em qualquer estilo.

Faixas:
1. Doomsday Overture
2. Serial Killer
3. Hate
4. Trouble With The Law
5. Chrome Division
6. Here Comes Another One
7. 1st Regiment
8. Breath Easy
9. The Angel Falls
10. Till The Break Of Dawn
11. We Want More
12. When The Shit Hits The Fan

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Chrome Division"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Chrome Division"

MetallicaMetallica
Banda foi triplamente sacaneada pelo Grammy

Rock In RioRock In Rio
Por que ladrões agiram menos no dia do Metal?

Gosto MusicalGosto Musical
Artistas falam do que devia ser banido para sempre

5000 acessosSlash: "não entendo a histeria sobre o Guns N' Roses"5000 acessosGuns N' Roses: a história da saída de cada integrante5000 acessosDeath Metal: as 10 melhores bandas de acordo com a AOL5000 acessosSexta-feira 13: treze músicas para escutar nesta data4923 acessosGuns N' Roses: zoando a empresária com bonecos do Vila Sésamo4897 acessosKiko: entrar no Megadeth não mudará nada no Metal Nacional

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online