Hatebreed: básico e brutal em "Supremacy"

Resenha - Supremacy - Hatebreed

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


Quem acompanha os lançamentos da cena Metalcore dos últimos tempos já deve ter percebido que não têm aparecido muitos discos que realmente causem impacto. O que se observa é que, por parte das bandas mais novas há a tradicional repetição - muitas vezes com uma qualidade que deixa a desejar - do que já foi feito anteriormente, enquanto os conjuntos veteranos vêm se mantendo entre seus fãs com algumas modificações básicas em sua sonoridade, como o prá lá de melodioso "As Daylight Dies" do Killswitch Engage, ou o espetacular "IV: Constitution Of Treason" do God Forbid.

Protesto: indústria musical dos EUA fará dia em silêncio em homenagem a George Floyd

Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA

Vindo de Connecticut (EUA) e com três álbuns acumulados em 10 anos de carreira, o Hatebreed sempre preferiu se manter atado às raízes do gênero, seguindo uma linha que, se por um lado nunca primou por arranjos mais complexos, por outro sempre deu prioridade ao lado agressivo da música. Agora, tendo em suas fileiras um segundo guitarrista chamado Frank Novinec, a banda retorna com "Supremacy", mantendo praticamente intactas as vocalizações gritadas e rosnadas, além do já conhecido nervosismo de seus riffs beirando o Thrash Metal.

Se comparado com seus trabalhos anteriores, "Supremacy" segue apresentando alguns arranjos mais 'torcidos', porém, as variações são poucas ao longo do CD. E o pavio curto desta fórmula poderá se desgastar de acordo com a paciência do ouvinte, pois o que se ouve logo na faixa de abertura, "Defeatist", é basicamente o que se escutará no decorrer de todo o restante do álbum.

Básico e brutal são as palavras que resumem muito bem "Supremacy", assim como toda a carreira do Hatebreed. É um álbum denso e bastante linear, com excelentes canções como "Destroy Everything", "Divine Judgement" e "As Diehard As They Come", mas indicado principalmente a quem aprecia somente aquela adrenalina estimulada pela música constantemente violenta. Mas não é exatamente isso o que os fãs da banda querem, abrir rodas e mais rodas durante as apresentações? Então está valendo!

Formação:
Jamey Jasta - Voz
Sean Martin - Guitarra
Frank '3-Gun' Novinec - Guitarra
Chris Beattie - Baixo
Matt Byrne - Bateria

Hatebreed – Supremacy
(2006 / Roadrunner Records - 2007 / Liberation Music - nacional)

01. Defeatist
02. Horrors of Self
03. Mind Over All
04. To The Threshold
05. Give Wings To My Triumph
06. Destroy Everything
07. Divine Judgement
08. Immortal Enemies
09. Most Truth, The
10. Never Let It Die
11. Spitting Venom
12. As Diehard As They Come
13. Supremacy Of Self

Homepage: www.hatebreed.com




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Protesto: indústria musical dos EUA fará dia em silêncio em homenagem a George FloydProtesto
Indústria musical dos EUA fará dia em silêncio em homenagem a George Floyd

Hatebreed: lyric video do solo do vocalista com participação de Max Cavalera

Hatebreed: baterista grava cover para "Ghosts Of War", do Slayer (vídeo)


Heavy Metal: as 10 músicas mais inspiradoras segundo o OC WeeklyHeavy Metal
As 10 músicas mais inspiradoras segundo o OC Weekly

Rádio AOL: Os Top 10 da música pesada da década de 2000Rádio AOL
Os Top 10 da música pesada da década de 2000


Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA

Nu Com a Mão no Bolso: blog elege as melhores capas com nudezNu Com a Mão no Bolso
Blog elege as melhores capas com "nudez"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin