Matérias Mais Lidas

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemPaulo Ricardo e a loucura em hotel nos anos 1980: "Eu já tinha perdido o pudor!"

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO maior álbum de todos os tempos, na opinião do saudoso Ronnie James Dio

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemGene Simmons relembra como passagem pelo Brasil levantou o Kiss em 1983

imagemMarko Hietala anuncia retorno ao mundo da música e fãs pedem volta ao Nightwish

imagemPor que Bono é odiado por muitos mas sobrevive a tanto hate? Regis Tadeu analisa

imagemMatt Sorum: ex-baterista do Guns N' Roses conta porque não deseja voltar à banda

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemIggor Cavalera diz que o metal às vezes é muito conservador

imagemKiko Zambianchi foi proibido de ir no Silvio Santos após apresentador errar seu nome


Stamp
Summer Breeze

Allen Lande: para empolgar os fãs do estilo

Resenha - Revenge - Allen Lande

Por Marcelo Ferraresso
Postado em 14 de maio de 2007

Nota: 8

Depois do aclamado "The Battle" (lançado em 2005), a parceria entre o americano Russel Allen (SYMPHONY-X, STAR ONE) e o norueguês Jorn Lande (EX-MASTERPLAN, EX-ARK), despertou muito o interesse dos fãs amantes da vertente mais melódica do Metal. Eis que a dupla lança o segundo trabalho conjunto, intitulado "The Revenge".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Antes que qualquer coisa seja colocada, eu já deixo avisado: não esperem a ‘reinvenção da roda’ ou qualquer outro tipo de novidade. Não que isso seja um problema (tanto porque acredito que essa não era a proposta), pois a dupla lança praticamente um "irmão gêmeo" do primeiro lançamento! Sim, é isso mesmo! É ruim? Não!

Muitíssimo bem produzido por Dennis Ward (PINK CREAM 69, PLACE VENDOME, ANGRA) e novamente com músicas compostas pelo guitarrista Magnus Karlsson (STARBREAKER, LAS TRIBE) que também faz um excelente trabalho com as seis cordas e teclado, "The Revenge" vem para empolgar os fãs do estilo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Usando uma avalanche de refrões pegajosos e solos inspirados de Karlsson, a banda traz mais uma vez os dois ‘monstros vocais’ da atualidade em duetos inspiradíssimos. Nesse segundo trabalho, eles intercalam ainda mais suas vozes e trocam suas linhas durante a música. Com todo respeito e admiração que tenho por Allen (que diga-se de passagem faz um trabalho bem diferente do que ele está acostumado no SYMPHONY-X), me sinto na obrigação de dizer que Lande ainda faz a diferença. Quando o norueguês (entre um refrão e outro) solta a garganta, fica muito evidente porque o cara vem sendo tão elogiado. É chover (um bocado) no molhado dizer isso, mas como canta esse Jorn!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Trata-se de um álbum bem homogêneo, sem grandes variações durante suas doze faixas, e tem como um dos destaques a boa faixa de abertura "The Revenge", com uma linha de baixo legal, uma levada carregada (sem excessos) no teclado e um refrão ULTRA pegajoso.

"Master of Sorrow" é uma balada muito boa, com ótima performance da banda como um todo. Karlsson é responsável por um solo espetacular, mas pra variar quem rouba completamente a cena é Lande, com uma performance inspiradíssima!

"Just a Dream" começa com um dedilhado, descamba para a típica ‘alegria melódia’ e depois mostra uma das passagens mais pesadas do álbum. Sabe aqueles refrões que são tão pegajosos que você se pega cantando a música do nada? Essa música é assim, totalmente calcada no refrão poderoso de "Wake me up, Make me see! (...)", sendo uma das melhores do álbum.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O título de ‘faixa mais pesada’ do álbum vai para "Who Can You Trust", com uma levada carregada, com Allen e Lande se esgoelando em vocais mais agressivos que o resto do CD.

Para as pessoas que apreciam o Metal em sua forma mais melódica, com grandes performances vocais e teclados presentes, "The Revenge" fará valer cada centavo do seu dinheiro.

Obs: Será que Jorn Lande lançará algo de baixa qualidade no futuro? Porque do jeito que a coisa anda...

Formação:
Jorn Lande - Vocals
Russel Allen - Vocals
Jaime Salazar - Drums
Magnus Karlsson - Guitars, Bass & Keyboards

Faixas:
1. The Revenge
2. Obsessed
3. Victory
4. Master Of Sorrow
5. Will You Follow
6. Just A Dream
7. Her Spell
8. Gone Too Far
9. Wake Up Call
10. Under The Waves
11. Who Can You Trust
12. When Time Doesn’t Heal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Os dez maiores picaretas da música internacional


Sobre Marcelo Ferraresso

Do Blues norte-americano, passando pelo Jazz Fusion, Rock Progressivo e chegando até o Metal Extremo, acredita que a música possui apenas dois rótulos importantes: boa e ruim.

Mais matérias de Marcelo Ferraresso.