Resenha - Completion Makes The Tragedy - Coldseed

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 5


Num primeiro momento, o que pensar da união do vocalista Bjorn "Speed" Strid (Soilwork) com o baterista Thomen Stauch (ex-Blind Guardian)? Insira no time Oli Holzwarth (baixo) e Mi Schuren (teclados), que também já tocaram em discos do Blind Guardian e, por fim, os guitarristas Thorsten Praest e Gonzalo Lopez. Uma equipe de primeira, não?

Serguei a Morrison: Os estranhos relacionamentos de Janis JoplinMichael Kiske: "O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O tal projeto acabou por se chamar Coldseed e, entre muitas expectativas, está liberando "Completion Makes The Tragedy", com uma sonoridade que, naturalmente, é totalmente diferente do que Bjorn e Thomen já fizeram antes. Tudo aqui é por demais moderninho e alternativo, com teclados atmosféricos e efeitos eletrônicos torrenciais, que são o ponto em comum no disco. O trabalho das guitarras é um curioso caso à parte: enquanto os solos são excelentes, em geral seus riffs possuem o vigor típico das bandas de new metal...

Sabe-se perfeitamente que os músicos são talentosos, pelo menos individualmente. "My Affliction", "Burning With A Shade", "Hatchet" ou a sofrida balada "Reflection", para citar apenas algumas faixas, são exemplos claros do estranho híbrido que o Coldseed é capaz de oferecer, e que não convence pela forma como aborda e mescla arranjos por demais acessíveis com outros mais pesados ou obscuros. Tudo acaba por gerar uma receita que, no mínimo, dividirá as opiniões.

A seqüência do álbum é tal que não há uma única canção que seja 100%, e somente o talento do irretocável Bjorn, que canta lindamente nos mais diferentes estilos, os já citados solos das guitarras e a ótima qualidade da gravação são os fatores que impedem que boa parte das músicas deste disco seja um desastre ainda maior.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Enfim, o Coldseed acaba por ser muita banda para pouca música. E nem é questão de não ser receptivo a novas propostas, mas para amenizar a ressaca produzida por "Completion Makes The Tragedy", me sinto na obrigação de ir me banhar nas ondas sonoras de Soilwork ou Blind Guardian...

Coldseed - Completion Makes The Tragedy
(2006 - Nuclear Blast / Rock Brigade Records - nacional)

01. My Affliction
02. Democracy Lesson
03. Nothing But A Loser
04. Five More To Fix
05. Burning With A Shade
06. Low
07. On My Way
08. Reflection
09. Completion Makes The Tragedy
10. Hatchet
11. Vulture Of The Throne
12. At Last
13. Strike The Nerve (faixa-bônus)

Homepage: www.coldseed.com


Outras resenhas de Completion Makes The Tragedy - Coldseed

Resenha - Completion Makes The Tragedy - Coldseed



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Coldseed"


Serguei a Morrison: Os estranhos relacionamentos de Janis JoplinSerguei a Morrison
Os estranhos relacionamentos de Janis Joplin

Michael Kiske: O Iron Maiden vende a morte às pessoas!Michael Kiske
"O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280