Resenha - Obras Cumbres - Attaque 77

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fernão Silveira
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Fazer reviews elogiosos sobre coletâneas não é uma tarefa das mais penosas. Ainda mais quando elas são tão completas e bem elaboradas, como é o caso do CD duplo "Obras Cumbres - Attaque 77". Mas certamente essa banda argentina de punk rock merece algumas mal traçadas linhas.
5000 acessosMetallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed5000 acessosSlayer: as dez melhores músicas segundo o site Loudwire

Confesso que, antes de postar este review, dei uma vasculhada pelo Whiplash! atrás de informações sobre o Attaque 77. Surpreendentemente, nada encontrei. Então, mais que rapidamente, empenhei-me em escrever sobre a mais completa coletânea já lançada sobre esse grande grupo.

O álbum em questão faz parte de uma coleção da gravadora Sony/BMG argentina que reúne coletâneas de diversos roqueiros do país, tais como Charly Garcia e Divididos (entre vários outros). O primeiro êxito de "Obras Cumbres - Attaque 77" é trazer um apanhado bastante completo sobre o quarteto punk portenho - afinal, são 43 faixas, divididas em dois CDs.

A seleção abrange músicas de quase todos os 13 discos da banda - a exceção é "Dulce Navidad", de 1989, o álbum de estréia. Ao longo das 43 faixas de "Obras Cumbres", é possível acompanhar a evolução do quarteto ao longo dos anos, partindo dos inevitáveis hinos de protesto do punk até chegar ao rock mais amadurecido e melodioso.

A coletânea evidencia a forte influência que Ciro Pertusi (voz e guitarra), Mariano Martinez (guitarra), Luciano Scaglione (baixo) e Leonardo De Cecco (bateria) tiveram de clássicos do punk rock, tais como Ramones e The Clash, especialmente em seus primeiros álbuns. Outra bola dentro do disco é ressaltar a força do Attaque 77 no palco. Não foi à toa que seis faixas do memorável álbum ao vivo "Trapos" (2001) entraram no CD 2.

Falando em influência, "Obras Cumbres" acerta em cheio na escolha de cinco covers interpretados pela banda, todos tirados do não menos brilhante disco "Otras Canciones" (1998). Aliás, só as versões de "El Jorobadito" (Jorge Serrano) e "No Me Arrepiendo de Este Amor" (Miriam Alejandra Bianchi) já pagariam cada centavo do investimento. Mas é impossível não se envolver pelas excelentes versões do Attaque 77 para "Amigo" (sim! Aquela música composta por Erasmo Carlos e eternizada na voz de Roberto Carlos) e "Perfección" (da Legião Urbana).

Olhando especificamente para o repertório próprio da banda, são inúmeras as canções que merecem menção (como "Cual Es el Precio", "El Cielo Puede Esperar", "Flores Robadas", "Dame el Fuego de Tu Amor", "Santiago", "San Fermín" e tantas outras). Mas é de se admirar a versatilidade do quarteto.

Impressiona constatar a flexibilidade do Attaque 77, que bebe na fonte da pancadaria punk-rock (em músicas fortes como "Pagar o Morir", "Alza Tu Voz", "El Perro" e "Justicia") e também é capaz de compor músicas de uma sensibilidade tocante, com letras que passam longe dos clichês e da pieguice. Enquadram-se nessa categoria canções como "La Gente que Habla Sola", "Beatle", "Herminda de la Victoria" e "Chicos y Perros".

Para quem quer começar a conhecer um pouco mais do Attaque 77, é possível encontrar no Brasil, com alguma facilidade, o CD "Radio Insomnio" (2000). Mas, caso você tenha a oportunidade de viajar à Argentina (ou conheça alguém que vá para lá), não deixe de encomendar um exemplar de "Obras Cumbres". Tenha certeza que serão os AR$ 32 (R$ 30) mais bem gastos da sua vida.

Line-up:
Ciro Pertusi - vocal e guitarra
Mariano Martinez – guitarra
Luciano Scaglione – baixo
Leonardo De Cecco – bateria

Tracklist

CD 1
1. CUÁL ES EL PRECIO
2. POR QUÉ TE VAS
3. JUSTICIA
4. DONDE LAS ÁGUILAS SE ATREVEN
5. TODO ESTÁ AL REVÉS
6. FLORES ROBADAS
7. PAGAR O MORIR
8. ALZA TU VOZ
9. SANTIAGO
10. SAN FERMÍN
11. EL PERRO
12. TRES PÁJAROS NEGROS
13. CRECER
14. ÁSPERO
15. ÁNGEL
16. QUÉ VAS A HACER CONMIGO
17. LUZ
18. EL JOROBADITO
19. DAME, DAME, DAME (GIMME, GIMME, GIMME)
20. AMIGO / WHITE TRASH
21. NO ME ARREPIENTO DE ESTE AMOR
22. PERFECCIÓN

CD2
1. COSAS QUE SUCEDEN
2. CANCIÓN INÚTIL
3. EL POBRE
4. BEATLE
5. EL CIELO PUEDE ESPERAR [EN VIVO]
6. ESPADAS Y SERPIENTES [EN VIVO]
7. DAME EL FUEGO DE TU AMOR [EN VIVO]
8. HACELO POR MÍ [EN VIVO]
9. CONSEJOS DEL ABUELO [EN VIVO]
10. CHICOS Y PERROS [EN VIVO]
11. LA COLINA DE LA VIDA (CON LEÓN GIECO)
12. TITANES EN EL RING
13. AMÉRICA
14. HERMINDA DE LA VICTORIA
15. UN DÍA DE INVIERNO
16. WESTERN
17. LA GENTE QUE HABLA SOLA
18. OJOS DE PERRO
19. ARRANCACORAZONES
20. SETENTISTA
21. ÉXODO – SKA

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Attaque 77"

MetallicaMetallica
Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed

Slayer:Slayer:
As dez melhores músicas segundo o site Loudwire

Iron MaidenIron Maiden
A brincadeira de gato e rato nas capas da banda

5000 acessosBlack Sabbath: os DEZ vocalistas que passaram pela banda5000 acessosBiquini From Hell: para ficar com marca de sol satânica5000 acessosRoda de Pogo - A Dança Punk4954 acessosAlter Bridge: Myles Kennedy compara Tremonti e Slash3055 acessosRonnie James Dio: os álbuns com o vocalista, do pior para o melhor5000 acessosDream Theater: semelhanças na capa de álbum?

Sobre Fernão Silveira

Paulistano, são-paulino, nascido nos "loucos anos 70" (1979 ainda é década de 70, certo?) e jornalista. Sua profissão já o levou a cobrir momentos antológicos da história da humanidade, como o título paulista do São Caetano, a conquista da Copa do Brasil pelo Santo André, a visita de Paris Hilton a São Paulo e shows de bandas como Judas Priest, Whitesnake, W.A.S.P., Megadeth, Slayer, Scorpions, Slipknot, Sepultura e por aí vai. Ainda tem muito gás para o nobre ofício jornalístico, mas acha que não vai muito mais longe depois de ter entrevistado Blackie Lawless, Glenn Tipton, Rogério Ceni e, claro, Paris Hilton.

Mais matérias de Fernão Silveira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online