Resenha - Apocalipse - Tropa Suicida

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Clóvis Eduardo
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


O rock feito com energia e letras cheias de valor moral é sempre bem vindo. Afinal, não vivemos apenas do som, mas sim de um pensamento mais focado e até mesmo questão de utilidade pública. A Tropa Suicida levanta a bandeira de explorar o lado social, a injúria frente a atitudes humanas, principalmente de governantes frente ao descaso e guerras.

Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissJourney: o famoso erro geográfico em "Don't Stop Believin'"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma mensagem bacana passada pelo quarteto formado por Genivaldo Barrichello no vocal, Wagueta Ferrari na guitarra, Wlad Mainente no baixo e Narça Variz na bateria soa em forma de riffs e refrões de grande estilo. Das 13 músicas neste "Apocalipse", grande parte tem uma pegada mais rápida, o que deixa os fãs ainda mais extasiados. A banda vinda da cidade de Santos (SP) faz hardcore com punk rock com letras em português em canções rápidas e sem segredos.

Os riffs são bons e rápidos, assim como a entonação do baixo conseguida por Wlad Mainente. O vocalista Genivaldo é o que leva à frente os ideais do grupo no vocal, ora berrado com muita força ora em momentos mais introspectivos como "Caminho Forasteiro", canção mais leve, mas de ideologia altamente crítica a governantes "ditadores que tem o desejo de beber o sangue alheio".

O amor brasileiro pelo futebol também floresce como uma das paixões da banda, que dedica a canção "As Cores Do Meu Time" para mostrar que bebidas e torcida podem se misturar, sem ocorrer conflitos ou quebradeiras. Esta canção é um hino para o grupo, que também se empenhou em gravá-la em vídeo e colocar como material bônus no CD.

Este CD foi gravado em 2002, mas mantém-se atual e de bastante bom senso. A Tropa Suicida viveu já bons momentos ao longo de sua carreira, e pelo visto, com trabalhos como este, ainda tem muito o que realizar, em prol da cena independente nacional.


Outras resenhas de Apocalipse - Tropa Suicida

Resenha - Apocalipse - Tropa Suicida




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Tropa Suicida"


Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss

Journey: o famoso erro geográfico em Don't Stop Believin'Journey
O famoso erro geográfico em "Don't Stop Believin'"


Sobre Clóvis Eduardo

Clóvis Eduardo Cuco é catarinense, jornalista e metaleiro.

Mais matérias de Clóvis Eduardo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336