Resenha - Visions World Apart - Predatory

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Esta banda vem de Praia Grande, litoral paulista, e está sendo elogiada por todos que escutam seus trabalhos. O Predatory já lançou em 2000 o ótimo CD-Demo "Walking To The Trap" e, sempre na batalha, ganharam o primeiro lugar no “Festival Loko Live” e participaram da coletânea underground “Rock Soldiers”, que inclusive teve distribuição na Alemanha.
5000 acessosMetallica: Lars sabe que os fãs não gostam do St. Anger5000 acessosAnitta: "Eu era roqueira. Comecei no funk por destino."

Com algumas trocas de membros, o Predatory traz Marcos Politi (voz), Thiago Pacheco (guitarra), Marcello Loiacono (guitarra), Diogo Costa (baixo) e Luiz Carlos P. Louzada (bateria), liberando seu segundo CD-Demo “Visions World Apart”. O que se escuta é uma excelente fusão de Thrash e Death Metal, tão nervoso e executado com tanta segurança que, ao término das sete faixas, fica-se certo inconformismo pelas mesmas estarem em apenas uma demo, e não em um CD...

Apesar do desempenho dos músicos estarem em um nível bastante alto, é impossível deixar de ressaltar as guitarras. Bases e, principalmente, solos excelentes! Gostei muito de “Art To Madness”, sua aproximação com o metal extremo ficou excelente, assim como as linhas de voz sujas de Marcos. “Engrave” traz uma faceta mais melodiosa e uma cadência empolgante, e um Luiz Carlos mostrando serviço com as baquetas. Mas os grandes destaques vão mesmo para as velozes faixa-título - que riffs!!! - e “Suor e Sangue”, a única cantada em português e que durante as apresentações farão a festa entre o público.

Um trabalho muito acima da média em termos de composições e, detalhe curioso, esta é a primeira demo que vejo com uma faixa multimídia, com vários dados sobre a banda. Um elemento bem-sacado. Apenas a arte gráfica peca, não pela simplicidade, isto já é uma tradição nas demos, mas sempre é recomendável apresentar um trabalho com melhor acabamento e, principalmente, sem erros “maquiados”.

Lembrem-se: o CD-Demo é um cartão de apresentação de seu trabalho, e o cuidado visual é sempre bem-vindo.

Contato: banda_predatory@yahoo.com.br

http://geocities.yahoo.com.br/banda_predatory

Predatory – Visions World Apart
(2006 – CD-Demo)

01. Death To The Murderer
02. Art For Madness
03. Hated
04. Engrave
05. No Reason To Fight
06. Visions Wolrd Apart
07. Suor e Sangue

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Predatory"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Predatory"


MetallicaMetallica
Lars sabe que os fãs não gostam do St. Anger

AnittaAnitta
"Eu era roqueira. Comecei no funk por destino."

Regis TadeuRegis Tadeu
Uma declaração apimentada sobre público de Metal Extremo

5000 acessosIron Maiden: "pequena falha" em outdoor na Russia em 20115000 acessosLed Zeppelin: A controvérsia sobre as origens do nome da banda5000 acessosMetal: nomes do gênero que assumiram ser cristãos5000 acessosRick Rubin: de AC/DC a Black Sabbath, os melhores álbuns produzidos por ele5000 acessosCaricaturas: a incrível arte de Sebastian Krüger5000 acessosComo enviar conteúdo ou se tornar um colaborador do Whiplash.Net?

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online