Resenha - Arche - Luminaria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

7


Os poloneses do Luminaria só agora chegam a seu primeiro CD, mas já contam com bons anos de serviço ao underground de seu país. Com uma sonoridade que transita do gótico ao industrial, a banda apresenta uma proposta que se assemelha a um Rammstein mais gótico e mais intrincado. Algo um tanto quanto interessante, considerando que a mesma adota a temática cristã.

De cara somos brindados com uma faixa muito interessante como "Unreasonably Forlorn Hours", com mudanças de andamento, vocais limpos (similares ao Type O’Negative) e riffs bem colocados. A banda ainda apresenta flertes com o metal em "World Built Of Sand" e "Lost To Imprision", enquanto que "The Arabesque" é mais voltada para os climas soturnos do metal gótico e "Al Aaraaf" parece saída de um filme de terror.

publicidade

Uma banda interessante, mas um tanto perdida em seus ideais. Algo a ser mais observado no futuro, porque a banda tem potencial, só precisa direcionar melhor suas flechas, pois ainda passam um tanto quanto longe do alvo.

Formação:
Wojciech "Wavoc" – Vocais
Adam Pejcha – Baixo
Arek Karjazycki – Teclados
Xaria – Guitarras
Mort – Bateria

Site Oficial: http://www.luminaria.neostrada.pl

publicidade

Bombworks Records – 2006 – IMPORTADO
http://www.bombworksrecords.com
Canadá




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaWoodstock
Som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urina

Notas altas: as dez mais impressionantes do Heavy MetalNotas altas
As dez mais impressionantes do Heavy Metal


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin