Resenha - Opposite From Within - Caliban

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


O Caliban foi formado na Alemanha em 1997 e desde então vem se destacando na execução do que vem sendo chamado nos EUA de metalcore. E realmente estes alemães conseguem enganar o ouvinte; poderiam se passar por norte-americanos, tal é a proximidade de sua música com o estilo da terra do Tio Sam.

Tom Araya: "Não sou ateu; acredito em Deus!"Heavy Metal: 10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhos

Trazendo em sua formação Andy Dörner (voz agressiva), Denis Schmidt (guitarra e voz limpa), Marc Görtz (guitarra), Boris Pracht (baixo) e Patrick Grün (bateria), o Caliban liberou este seu quarto registro chamado "The Opposite From Within" em 2004, chegando ao Brasil agora via Sum Records.

Mas com certeza esta espera valeu a pena, pois este disco causará ótima impressão aos amantes do metalcore. A parte instrumental deste disco consegue realmente impressionar, trazendo alguns riffs inspiradíssimos e uma cozinha totalmente coesa. A agressão sonora é intensa com seus flertes no thrash e death metal melódico.

Todo este peso é entremeado por passagens de melodias muito bonitas, em especial nos refrãos, onde a voz emocional de Denis impregna as canções de melancolia. Em contrapartida, as linhas vocais ríspidas e os gritos de Andy predominam e estão entre os melhores que já escutei no gênero, sua voz é excelente e muito agressiva.

Mesmo com algumas de suas faixas por vezes soando similares, as canções seguem uma fórmula um tanto quanto consistente e a audição de "The Opposite From Within" flui tranquilamente. Destaque para "Goodbye", com suas mudanças de ritmo e passagens de bateria estranhamente "quebradas". O Caliban se sai muito bem nos momentos death metal de "I've Sold Myself" e na matadora "Diary Of An Addict". Mas a melhor de todas fica para "Salvation", onde o baixo e a bateria fazem a festa, trazendo traços do metal escandinavo.

Merece citação a produção de Anders Fridén (In Flames) e a mixagem de Andy Sneap, que com certeza são os responsáveis por tornarem a sonoridade deste trabalho tão moderna, enérgica e nítida. Enfim, "The Opposite From Within" é agressivo e mesmo tendo seus momentos mais melódicos e consequentemente acessíveis, é com certeza totalmente heavy metal.

Bastante recomendável para quem quiser apavorar seus vizinhos!

Caliban - The Opposite From Within
(2004 / Roadrunner Records - 2005 / Sum Records)

01. Beloved And The Hated
02. Goodbye
03. I've Sold Myself
04. Stand Up
05. Senseless Fight
06. Stigmata
07. Certainty... Corpses Bleed Cold
08. My Little Secret
09. One Of These Days
10. Salvation
11. Diary Of An Addict
12. 100 Sun

Homepage: www.calibanmetal.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Caliban"


Tom Araya: Não sou ateu; acredito em Deus!Tom Araya
"Não sou ateu; acredito em Deus!"

Heavy Metal: 10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhosHeavy Metal
10 músicas inspiradas em heróis de quadrinhos

O Clube dos 27: 17 roqueiros que sucumbiram à idade fatídicaO Clube dos 27
17 roqueiros que sucumbiram à idade fatídica

Iron Maiden: a fotografia de The Final FrontierIron Maiden
A fotografia de "The Final Frontier"

Black Sabbath: As 10 melhores músicas da banda segundo a Ultimate Classic RockBlack Sabbath
As 10 melhores músicas da banda segundo a Ultimate Classic Rock

Zakk Wylde: era complicado beber com o amigo Dimebag DarrellZakk Wylde
Era complicado beber com o amigo Dimebag Darrell

Iron Maiden: avião é luxuoso, mas não dá pra tomar banho neleIron Maiden
Avião é luxuoso, mas não dá pra tomar banho nele


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336