Resenha - Alice's Inferno - Forever Slave

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Vindo de Valença, Espanha, o Forever Slave iniciou sua carreira em 2000 e possui todos os ingredientes do metal gótico, com elementos sinfônicos em profusão e flertando ainda com o black metal em vários momentos. Nada original, mas são músicos competentes apresentando boas composições para um gênero bastante saturado.

Felipe Andreoli: "Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."Fotos de Infância: Bon Scott, do AC/DC

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Seu debut "Alice's Inferno" é um álbum conceitual, trazendo a estória de uma adolescente que vai parar no sanatório acusada de matar seus pais em função de ter sido encontrada ao lado dos corpos com uma faca ensangüentada nas mãos. Internada, numa luta entre a consciência e as drogas administradas para seu tratamento, a menina começa a ter fragmentos de lembranças. E que lembranças...

Este septeto espanhol consegue um resultado bem acima da média expondo todo o drama desta estória com uma parte instrumental realmente bonita. A voz de soprano de Lady Angellyca é relativamente simples, sendo obviamente contrastada com as tradicionais vozes masculinas limpas e sensacionais grunhidos, tudo permeado de maneira eficaz por guitarras, teclados, violinos e uma seção rítmica que pode ser básica, mas também não compromete em nada.

Destaco aqui "Lunatic Asylum", com boas variações e ótimo solo de guitarra que, aliás, é uma constante em todo o disco. "In The Forest" e "Across The Mirror" se sobressaem pelas grandes orquestrações, e "Tristeza" traz inesperadas camadas eletrônicas que se encaixaram de maneira bastante satisfatória, dando uma incrementada e tanto nesta música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Alice's Inferno" com certeza será apreciado pelos amantes de música gótica. Mas creio que o Forever Slave deva usar seu grande potencial para trabalhar suas composições de maneira a conseguir uma maior identidade, pois como foi citado acima, atualmente há muitas bandas seguindo este estilo, todas soando praticamente idênticas e isso é um problema para os conjuntos iniciantes.

Formação:
Lady Angellyca: soprano
Servalath: guitarra
Oswalth: guitarra
Michael: baixo
Leal: teclados e voz limpa
Ignazio: violino
Edward: bateria e voz gutural

FOREVER SLAVE - Alice's Inferno
(2005 / Armagedon Music - importado)

01. Lunatic Asylum
02. Reminicenses
03. In The Forest
04. Equilibrium
05. The Circles Of Tenebra
06. Dreams And Dust
07. Aquelarre
08. Across The Mirror
09. Tristeza
10. The Letter

Site Oficial do Forever Slave




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Forever Slave"


Felipe Andreoli: Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra...Felipe Andreoli
"Se você quiser se arriscar a ligar para o ex-cantor do Angra..."

Fotos de Infância: Bon Scott, do AC/DCFotos de Infância
Bon Scott, do AC/DC


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280