Resenha - Legacy Of Gaia - Before Eden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 6

Após lançar o seu debut em 2001 e uma demo auto-intitulada em 2003, a banda catarinense de prog metal Before Eden coloca no mercado o seu novo álbum, "The Legacy Of Gaia", pela Hellion Records.

Krisiun: banda lista os 5 picos mais demoníacos do BrasilCultura inútil: Em quantas músicas Coverdale utilizou "love" (1)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Antes de avaliar o trabalho é preciso dizer que o Brasil deixou de ser, há muito tempo, um mercado meramente consumidor de música pesada para se tornar um dos pólos de maior importância do estilo, tanto pela quantidade e paixão dos fãs quanto pela qualidade de nossas bandas. Isso elevou, e muito, o grau de exigência e de competição de toda a cena, ao ponto em que, parafraseando Charles Darwin, hoje só os fortes sobrevivem. E é neste aspecto que a coisa pega para o Before Eden.

"Legacy Of Gaia" poderia ser dividido em duas partes. A primeira, contendo as faixas "Nomad Soul", "Wizard Of The Sorth" e "Essence", repete os clichês de estilo e apresenta uma banda sem inspiração, que não possui nenhum diferencial em relação as dezenas de grupos similares que pipocam no mercado. O som do grupo soa derivativo, os arranjos são conservadores e não empolgam, em um resultado final extremamente repetitivo.

Apesar disso, nota-se a competência de toda a banda, com cada integrante mostrando que entende do seu instrumento, com um grande destaque para o tecladista Juliano Scharf. Mas tudo isso não apaga os dois principais problemas do álbum: a mixagem que deixou o som do grupo sem peso, e a performance vocal de Jaison Peixer, muito aquém do resto da banda. Apesar de esforçado, o vocalista se perde na pretensão de soar como Fabio Lione, do Rhapsody, e suas linhas soam empostadas demais, chegando até a ficar caricatas em certas passagens.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Já em sua segunda parte, que engloba a suite que dá nome ao disco, estes problemas acabam sendo diminuídos pela excelente qualidade das composições e pela execução primorosa da banda. "Earth Cry" introduz a faixa, seguida por "Enemy Eve", uma das melhores faixas do álbum, com riffs de guitarra mais agressivos. "Toast Of Mankind" vem a seguir e, apesar da excelente performance instrumental apresentada e das mudanças de andamento que acrescentam muito ao resultado final, acaba prejudicada pelo vocal de Jason Peixer, mais uma vez soando empostado demais, chegando até a irritar em certos momentos.

"Nova" tem uma introdução bem ao estilo do Dream Theater, enquanto "Tomorrow's Gone" apresenta uma bela melodia de teclado e um riff bem legal de guitarra, mas o vocal mais uma vez compromete o resultado final da música.

Fechando o álbum temos "Everland", que apresenta belas linhas vocais, e onde mais uma vez o teclado de Juliano Scharf é o destaque, e "Reality", com muito peso e belas guitarras.

Infelizmente, o resultado final de "The Legacy Of Gaia" acaba prejudicado pelo vocal de Jason Peixer, que ainda não encontrou o equilíbrio e o ponto correto de sua voz. Com um pouco mais de experiência este problema deve ser resolvido, mas até lá, apesar da ótima qualidade dos demais músicos (principalmente o tecladista Juliano Scharf, que é o grande destaque da banda) e da qualidade apresentada em algumas composições, o Before Eden não traz nada de novo ao cenário, soando igual a dezenas de grupos similares.

Só nos resta esperar pelo próximo álbum, e torcer para que estes problemas sejam resolvidos.

Faixas:
1. Nomad Soul
2. Wizard Of The South
3. Essence
4. Earth Cry
5. Enemy Eve
6. Toast Of Mankind
7. Nova
8. Tomorrow's Gone
9. Everland
10. Reality

http://www.beforeeden.com
http://www.hellionrecords.com


Outras resenhas de Legacy Of Gaia - Before Eden

Resenha - Legacy Of Gaia - Before EdenResenha - Legacy Of Gaia - Before Eden



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Before Eden"


Metal Catarinense: 10 bandas para se conhecer [Parte 1]Metal Catarinense
10 bandas para se conhecer [Parte 1]


Krisiun: banda lista os 5 picos mais demoníacos do BrasilKrisiun
Banda lista os 5 picos mais demoníacos do Brasil

Cultura inútil: Em quantas músicas Coverdale utilizou love (1)Cultura inútil
Em quantas músicas Coverdale utilizou "love" (1)


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline