Resenha - Red, White & Crue - Motley Crue

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Realmente, já perdi a conta de quantas coletâneas o Mötley Crüe lançou dos anos 90 em diante... O fato é que este registro vem para tentar manter novamente a banda em evidência no cenário nesta sua reunião com a formação clássica (Vince Neil na voz, Mick Mars na guitarra, Nikki Sixx no baixo e Tommy Lee na bateria) enquanto não colocam nenhum CD de inéditas no mercado, valendo mencionar que seu último álbum foi o apenas razoável "New Tatoo", de 2000.

Steel Panther: banda rebate Mötley Crüe e relembra que eles foram traíras com Vince NeilMetal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicas

"Red, White & Crüe" ironicamente acabou saindo no Brasil como uma "coletânea da coletânea original", pois ao contrário da versão dupla importada, por aqui terminou como um único CD mesmo. É óbvio que os grandes clássicos do Mötley estão presentes, mas estas canções já eram esperadas e já constavam nos outros "best off" da banda. Portanto, infelizmente ficaram de fora algumas músicas muito interessantes.

Novidades? Pouca coisa. Como de praxe, algumas canções inéditas: "Sick Love Song" é uma delas e se aproxima da intensidade do som que se conhece do Mötley Crüe, com o velho Mick Mars mandando muito bem nas seis cordas e Vince cantando como nos bons tempos. Porém "If I Die Tomorrow" foge completamente da proposta da banda. Não que seja uma canção ruim, tem peso, etc e tal, mas apenas não é o Mötley que conhecemos. Também há algumas raridades, como "Black Widow" e "Bitter Pill", além de remixes para os clássicos "Home Sweet Home" e "Too Young To Fall In Love".

De resto, as músicas que fizeram esta banda chegar ao estrelato desde o começo de sua carreira, dando uma geral em todos seus álbuns de estúdio. Mesmo sendo canções bem simples, são cheias de energia e conseguem agradar mesmo depois de tanto tempo, inclusive "Hooligan's Holiday", faixa com John Corabi na voz, do subestimado e auto-intitulado álbum de 1994.

É uma boa antologia. Porém, como foi citado acima, foram "limadas" muitas canções excelentes que nunca constaram nas retrospectivas anteriores, então a situação ficou meio embaraçosa. Enfim, se você não possui nada do Mötley Crüe, o hard rock de "Red, White & Crüe" até preenche esta lacuna. De resto, pode haver certa decepção.

MÖTLEY CRÜE - Red, White & Crüe
(2005 - Universal)

01. Live Wire
02. Piece Of Your Action
03. Black Widow
04. Looks That Kill
05. Too Young To Fall In Love (Remix)
06. Shout At The Devil
07. Girls, Girls, Girls
08. Wild Side
09. Kickstart My Heart
10. Dr. Feelgood
11. Primal Scream
12. Home Sweet Home ('91 Remix)
13. Hooligan's Holiday
14. Beauty
15. Bitter Pill
16. Hell On High Heels
17. If I Die Tomorrow
18. Sick Love Song

Homepage: www.motley.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Motley Crue"


Steel Panther: banda rebate Mötley Crüe e relembra que eles foram traíras com Vince NeilSteel Panther
Banda rebate Mötley Crüe e relembra que eles foram traíras com Vince Neil

Mötley Crüe: Nikki Sixx xinga vocal do Steel Panther após piada com Vince NeilMötley Crüe
Nikki Sixx xinga vocal do Steel Panther após piada com Vince Neil

Motley Crue: uma banda mais redonda, pesada e com uma baita consistência no álbum de 1994

Steel Panther: se pudesse ressuscitar um músico, seria Vince Neil, diz Michael StarrSteel Panther
"se pudesse ressuscitar um músico, seria Vince Neil", diz Michael Starr

Mötley Crüe: veja clipe de "Same Ol' Situation (S.O.S.)" com cenas de "The Dirt"Mötley Crüe: Vince Neil toca clássicos da banda em show nos EUA; assista

Mötley Crüe: The Dirt salvou amizade entre membros da banda, afirma Nikki SixxMötley Crüe
The Dirt salvou amizade entre membros da banda, afirma Nikki Sixx

Mötley Crüe: Tommy Lee posta vídeo com pênis como filtro em seu InstagramMötley Crüe
Tommy Lee posta vídeo com pênis como filtro em seu Instagram

Mötley Crüe: Vince Neil toca clássicos da banda em show nos EUA; vejaRodz Online: Os dois dias de Rock N' Roll do Moscow Music Peace Festival (vídeo)Mötley Crüe: edição de 30 anos de Dr. Feelgood será lançada

Mötley Crüe: Tommy Lee tira uma com a cara de Donald TrumpMötley Crüe
Tommy Lee tira uma com a cara de Donald Trump

Nikki Sixx: transei com a mulher do Bruce DickinsonNikki Sixx
"transei com a mulher do Bruce Dickinson"

Nikki Sixx: um conselho, tente não cheirar a ColômbiaNikki Sixx
"um conselho, tente não cheirar a Colômbia"

Slash e Nikki Sixx: ponderando sobre uso de celulares em showsSlash e Nikki Sixx
Ponderando sobre uso de celulares em shows


Metal Moderno: 5 bandas aptas a se tornarem clássicasMetal Moderno
5 bandas aptas a se tornarem clássicas

Rock Stars: como se pareceriam alguns se não tivessem morridoRock Stars
Como se pareceriam alguns se não tivessem morrido

Tony Iommi: opiniões sobre Dio, Rhoads e HalfordTony Iommi
Opiniões sobre Dio, Rhoads e Halford

Metal Sucks: Top 25 vocalistas do metal modernoMetal Sucks
Top 25 vocalistas do metal moderno

Edu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos deleEdu Falaschi
Os dez vocalistas brasileiros preferidos dele

Alta Fidelidade: Gastão Moreira elege os videoclipes mais marcantes da MTVAlta Fidelidade
Gastão Moreira elege os videoclipes mais marcantes da MTV

Grunge: as 10 bandas mais influentes do estiloGrunge
As 10 bandas mais influentes do estilo


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336