Resenha - Lullabies To Paralyze - Queens Of The Stone Age

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Cristiano Viteck
Enviar correções  |  Ver Acessos


Quando o vocalista e guitarrista Josh Homme chutou o baixista Nick Olivieri para fora do Queens of the Stone Age no início de 2004, ninguém sabia ao certo qual seria o futuro da banda. Era o fim de uma parceria que teve início no começo da década de 90, quando ambos tocavam no grupo Kyuss, que acabou ficando para trás para dar vez ao Queens of the Stone Age, que nasceu em 1997 e no início do ano passado vivia o auge de sua carreira, ainda colhendo os frutos do terceiro álbum "Songs For The Deaf" (2002), o qual além de trazer o ex-vocalista do Screaming Trees, Mark Lanegan, cantando algumas faixas, ainda teve a honra de contar com Dave Grohl, que chegou para uma participação especial e acabou tocando bateria em todas as canções daquele álbum.

Josh Homme: novas "Desert Sessions" com membros do ZZ Top, Primus e maisVícios: As 10 melhores músicas sobre drogas

Com nomes de peso como esses e com as ótimas canções da dupla Homme/Olivieri como "No One Knows" e "Go With The Flow", o Queens of the Stone Age foi alçado ao posto de uma das mais importantes bandas da atualidade. Só que então veio a briga. Olivieri partiu, Mark Lanegan abandonou temporariamente o barco para cuidar de sua carreira solo e Dave Grohl voltou a se dedicar ao seu grupo Foo Fighters. Seria o fim do Queens of the Stone Age? "Lullabies to Paralyze", o novíssimo álbum da banda, está aí para garantir que não e, muito mais do que isso, para afirmar que o Queens of the Stone Age ainda vai dar muitas alegrias aos seus milhares de fãs espalhados pelo mundo.

Agora tendo ao seu lado Troy Van Leeuwen (guitarra), Alain Johannes (baixo) e Joey Castillo (bateria), Homme fez do Queens of The Stone Age um grupo para chamar de seu. Ele é dono da banda e se "Lullabies To Paralyze" é desde já um dos melhores discos do ano, é exclusivamente por mérito dele. Muitos segmentos da imprensa tentaram tachar o disco como perdido e sem rumo, principalmente ao compará-lo com o aclamado "Songs For The Deaf". É claro que "Lullabies To Paralyze" não supera o trabalho anterior, mas mesmo assim consegue manter a moral da banda lá nas alturas.

O disco é na verdade é uma viagem ao centro da mente insana de Josh Homme. Sombrio como os primeiros discos do Black Sabbath (tenho certeza que Ozzy e companhia estariam orgulhosos se tivessem gravado um disco como este na década de 70), "Lullabies To Paralyze", que significa "Canções de Ninar para Paralisar", parece um thriller de suspense de uma noite sem fim. O álbum abre com a sufocante "This Lullaby", que marca o retorno de Mark Lanegan para a banda emprestando o seu vozeirão rouco de uísque e tabaco para cantar sobre abandono e solidão. Mas é só o começo do seu pesadelo, que vai ganhando contornos cada vez mais escuros em canções como "Everybody Knows That You Are Insane", "Burn The Witch" e "You Got A Killer Scene There, Man". Assassinos, morte, bruxas, loucura... tudo isto está presente em "Lullabies To Paralyze", que se torna ainda mais aterrorizante com seus acordes arrastados, vozes sufocadas, gemidos abafados e arranjos sinistros. E é claro que como qualquer história de terror ou suspense sempre vem acompanhada de uma boa dose de erotismo, Josh Homme e seus novos colegas acertam em cheio em canções como "Skin On Skin" e, óbvio, na já clássica "Little Sister", que conta com um dos solos mais econômicos e legais gravados na história recente do rock. Se você conseguiu resistir a tudo isso, o Queens of the Stone Age lhe recompensa ao final com "Long Slow Goodbye", uma canção de redenção que te resgata das profundezas para onde você foi levado durante toda a audição de "Lullabies To Paralyze".

Sinistro, estranho e assustador. Este é o novo Queens of the Stone Age que chega para espantar qualquer urucubaca que possam ter jogado sobre a banda. Disco pra cabra macho. E então, ficou com medo ou vai encarar?


Outras resenhas de Lullabies To Paralyze - Queens Of The Stone Age

Resenha - Lullabies To Paralyze - Queens of The Stone Age




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Queens Of The Stone Age"


Josh Homme: novas "Desert Sessions" com membros do ZZ Top, Primus e mais

Foo Fighters: Dave Grohl revela as as canções que definiram a sua carreiraFoo Fighters
Dave Grohl revela as as canções que definiram a sua carreira

QOTSA: Dave Grohl comenta de quando gravou a bateria para elesQOTSA
Dave Grohl comenta de quando gravou a bateria para eles

Them Crooked Vultures: "Praticamos uma vez por década"

Josh Homme: Jim Morrison era um poeta, mas não cantava bemJosh Homme
Jim Morrison era "um poeta", mas "não cantava bem"

Dave Grohl: Top 10 das músicas em que ele descasca a bateriaDave Grohl
Top 10 das músicas em que ele descasca a bateria

QOTSA: O que Homme faz quando filhos querem ouvir One Direction?QOTSA
O que Homme faz quando filhos querem ouvir One Direction?


Vícios: As 10 melhores músicas sobre drogasVícios
As 10 melhores músicas sobre drogas

Rockstars: as esposas mais lindas do rock - 1ª parteRockstars
As esposas mais lindas do rock - 1ª parte

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São PauloMick Jagger
Em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Manowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?Manowar
Você acha as fotos da década de 80 ridículas?

System Of A Down: Serj Tankian canta música de Game Of ThronesSystem Of A Down
Serj Tankian canta música de "Game Of Thrones"

Kerrang!: confira as 6 músicas mais assustadoras do rockKerrang!
Confira as 6 músicas mais assustadoras do rock


Sobre Cristiano Viteck

Cristiano Viteck é jornalista em Marechal Cândido Rondon (PR), apresentadordo programa Garagem 95, da Rádio Difusora FM, e assina a coluna de música Pédo Ouvido do jornal O Presente.

Mais matérias de Cristiano Viteck no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336