Resenha - I Know the End - Darklight

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos


Mais uma banda italiana. A Itália vem se tornando um celeiro de bandas de heavy e gótico, tamanha a quantidade de bandas que surgem daquelas bandas. O pessoal do Darklight lança sua demo "I Know The End" apostando numa mistura de power metal com gótico, se dando razoavelmente bem.

Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaG.G. Allin: o extremo dos extremos

A demo contém 4 faixas, além da "Intro" "The Ministrel": "Falling Tears" que se caracteriza por diversas mudanças de andamento, quase um prog com gótico. O único senão fica por conta do vocal, feminino, que desafina várias vezes, soando em alguns pontos até irritante. Fato que se repete na semi-balada "Apocalypse", aonde a banda mistura flautas, teclados e guitarras, com um belo instrumental, mas prejudicado pelos vocais cansativos. Uma pena, pois o trabalho de guitarras está impecável.

A boa impressão também continua nas faixas "Disciple" e "I Know the End", aonde a banda mostra fortes influências de Theatre of Tragedy antigo, só que com mais peso e mais velocidade, soando bem interessante. Nestas músicas particularmente a vocalista não se sai tão mal, mas sua performance destoa do conjunto, que se apresenta de maneira exemplar.

Uma demo que precisa de maior lapidação, principalmente no vocal. Mas um começo satisfatório. Novamente o grande problema da falta de informação persiste, sem dados para contato ou nome de integrantes... é tão difícil fazer isso??




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dark Light"


Woodstock: som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urinaWoodstock
Som ruim, gente demais e cheiro de fezes e urina

G.G. Allin: o extremo dos extremosG.G. Allin
O extremo dos extremos

Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Iron Maiden
Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993

Autores que inspiraram o Heavy Metal: Friedrich NietzscheAutores que inspiraram o Heavy Metal
Friedrich Nietzsche

Heavy Metal: 25 bandas que fizeram o gênero ser o que éHeavy Metal
25 bandas que fizeram o gênero ser o que é

Muse: o que faz do trio uma das maiores bandas da atualidade?Muse
O que faz do trio uma das maiores bandas da atualidade?

Metallica x Reverend: a oração que ambas bandas usaram em letraMetallica x Reverend
A oração que ambas bandas usaram em letra


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.