Resenha - Tomada - Tomada

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcos A. M. Cruz
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Recentemente fiz uma matéria, onde, a despeito da chiadeira de alguns, mencionei o fato de São Paulo ser o berço do rock'n'roll nacional...

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsEdu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Senão vejamos: historicamente falando, vamos encontrar os primórdios do estilo em algumas canções dos Mutantes ainda na virada dos anos 60/70; e, em 1974, sai o lendário álbum de estréia do Made in Brazil, que se tornaria o verdadeiro decano do rock'n'roll brasileiro, logo em seguida surgindo o Casa das Máquinas, e um pouco mais tarde, o Patrulha do Espaço... adivinhem de onde veio este povo todo?

Claro que estou me referindo somente às bandas que deixaram registro sonoro, pois com certeza houve muitos outros grupos que enveredaram pelo gênero no Brasil inteiro, que infelizmente ficaram apenas na lembrança de quem teve o prazer de vê-los em atividade.

No caso do TOMADA, vale dizer que estão de certa forma ligados diretamente à história do rock'n'roll brazuca via Patrulha do Espaço, haja visto se tratar de um desmembramento da banda Soulshine, surgida ainda em 1998, e que contava com o vocalista/guitarrista Marcelo Schevano, que mais tarde iria se integrar ao Patrulha.

Com a saída de Schevano e diversas outras mudanças de formação, além da mudança do nome, vamos encontrar hoje o grupo consolidado com dois integrantes originais do Soulshine (Marcelo Bueno no baixo e Pedro Ayoub na guitarra), além do baterista Jeff Mello e do excelente vocalista Ricardo Alpendre.


Nesta sua demo (prefiro chamar de "compacto duplo", haja visto a grande sacada da capa interna - veja ao lado), eles demonstram a que vieram, trazendo quatro canções ligeiramente diferentes entre si, porém todas elas regadas com um saborosíssimo molho rock'n'roll: a primeira, "Soul Mais", traz uma leve pitada de soul music setentista, com um suíngue irresistível; a segunda, "Blues lento em c", como o próprio nome denuncia, se trata de um bluesão; depois, no lado B, temos "Só era pra ter você", que, caso cantada em inglês, poderia perfeitamente estar presente em algum trabalho clássico do Foghat; por fim, "Na estrada", que retoma um bocado do suíngue da primeira faixa.

Espero que, tal qual o pessoal do Baranga, que vai finalmente lançar um CD por volta de setembro/outubro, o Tomada não seja outra destas bandas que fique apenas na memória de quem teve a sorte de assisti-los...

(Ficou curioso? Mora longe, não têm como conseguir uma cópia? Então vamos lá: o responsável pela parte gráfica da demo, Tiago Almeida, mantém um website sobre o Black Crowes, onde há uma seção dedicada ao Tomada, com todas as canções em MP3 para download. Vá a www.blackcrowes.tk , procure por "Tomada" no menu à direita, e divirta-se!)

Faixas:
Soul mais
Blues lento em C
Só era pra ter você
Na estrada
total time: 17:00

Formação:
Marcelo Bueno - baixo
Pedro Ayoub - guitarra
Ricardo Alpendre - vocal
Jeff Mello - bateria

e-mail: tomadarock@hotmail.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Tomada"


Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Edu Falaschi: o fax com convite de seleção para o Iron MaidenEdu Falaschi
O fax com convite de seleção para o Iron Maiden

Queen: 10 coisas que você não sabe sobre Bohemian RhapsodyQueen
10 coisas que você não sabe sobre Bohemian Rhapsody

Rock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos

Beavis e Butthead: como eles seriam se fossem reais?Beavis e Butthead
Como eles seriam se fossem reais?

Duff Mckagan: baixista explica como dizer não às drogasDuff Mckagan
Baixista explica como dizer não às drogas

Nirvana: Dave Grohl achou que a banda acabaria após NevermindNirvana
Dave Grohl achou que a banda acabaria após Nevermind


Sobre Marcos A. M. Cruz

Editor do Whiplash.Net.

Mais matérias de Marcos A. M. Cruz no Whiplash.Net.