Resenha - Blood and Belief - Blaze

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


“Você me queria morto, mas eu estou vivo!”. Brada Blaze Bayley em “Alive”, ótima faixa que abre seu quarto cd, o terceiro de estúdio. Passados os problemas com o Iron Maiden, e outros de ordem pessoal, Blaze ressurge com um cd matador, realmente o melhor de sua carreira. Ouvindo este novo trabalho, fica a certeza de que Blaze era muito mais do que apenas o vocalista do Iron Maiden de 1993 a 1998. Havia nele um potencial que só veio a explodir quando o mesmo saiu (ou foi saído) da Donzela.
10 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores5000 acessosGosto Musical: artistas falam do que devia ser banido para sempre

“Alive” e a pesada “Ten Seconds” mostram que Blaze continua fiel ao heavy metal, mas cada vez incorporando elementos novos, como pitadas thrash e hardcore, com um bom resultado. Já a faixa título é um “monstro” cadenciado, embalado por potentes guitarras e a voz competente de Bayley. Há espaço para músicas mais suaves, como “Life and Death” e a bonita “Regret”, momentos mais atmosféricos e viajantes (“Tearing Yourself to Pieces”) e heavies pesados com influência de Rage Against the Machine, como “Hollow Head”.

O bom heavy metal ressurge revigorado em petardos como a excelente “Will to Win” (um “speed” que periga ser a melhor música do cd) e a cadenciada “The Path and the Way”, que abrem caminho para a complexa “Soundtrack of My Life”, a autobiografia de Blaze, que se abre totalmente nesta faixa, contando partes de seus problemas pessoais, que envolviam o excesso de álcool e problemas psicológicos, num heavy excelente, digno de encerrar um forte cd.

Blaze achou seu caminho e mostrou que é um grande artista, e também um bom cantor. Foram-se os tempos em que ele era alvo de cusparadas nos shows do Iron Maiden. Agora o mesmo tem vida própria e está bem vivo, como ele mesmo diz no cd.

Obrigatório.

Line Up:
Blaze Bayley – Vocais
Steve Wray – Guitarras
John Slater – Guitarras
Wayne Banks – Baixo
Jason Bowld – Bateria

Site oficial: http://www.planetblaze.com

Material Cedido por:
Century Media Brasil.
http://www.centurymedia.com.br
São Paulo (SP)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Blood and Belief - Blaze

1263 acessosResenha - Blood And Belief - Blaze

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

10 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores340 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Kerrang!Kerrang!
Os 50 maiores discos de metal segundo a revista

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1988

Iron MaidenIron Maiden
De onde vem o amor de Phil Anselmo pela banda?

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Blaze Bayley"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Gosto MusicalGosto Musical
Artistas falam do que devia ser banido para sempre

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Lemmy, do Motorhead, muito antes da fama

HumorHumor
Os dez maiores picaretas da música internacional

5000 acessosProstitutas: As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 15000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"5000 acessosChris Cornell: jornalista foi a último show e percebeu algo errado5000 acessosCavalera Conspiracy: O Sepultura não saiu dos irmãos Max e Iggor5000 acessosTrítono: Diabolus In Musica e a relação com a Igreja5000 acessosJourney: veja garoto de oito anos cantar "Don't Stop Believin'"

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online