Resenha - Live At The Gods 2002 - Jeff Scott Soto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Coelho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Jeff Scott Soto é realmente um profissional surpreendente. Um cara que começou a carreira profissional no começo dos anos 80 e em 84 já gravava com Yngwie Malmsteen! São mais de 20 anos de carreira mantendo-se bastante fiel ao Hard n' Heavy! O cidadão já participou de mais de 50 albuns como vocalista principal, convidado especial e backing vocals, o que faz de sua carreira uma das mais prolíficas do cenário rock mundial. Talisman, Axel Rudi Pell, Alex Masi, Panther, Eyes, Takara, Paul Gilbert, a trilha sonora de RockStar... são tantos trabalhos que não dá pra lembrar ou contar!

Sons of Apollo: novo álbum MMXX será lançado em janeiro de 2020; veja teaserSonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejados

Além de uma voz espetacular Jeff ainda possui uma presença e um carisma embasbacantes - transparentes no DVD homônimo lançado. Este álbum foi gravado durante sua apresentação no Gods da Inglaterra em 2002, quando estava prestes a lançar seu álbum "Prism" (que, por falar nisso, é muito fraco!) e sua performance vocal é realmente assombrosa. Nessa mesma noite dividiu o palco com Eric Martin (Mr. Big), Harem Scarem, Hardline, Ten e outras, conseguindo, ainda assim, ser o grande destaque.

O disco traz diversas músicas que marcaram sua extensa carreira com os artistas já citados, duas músicas inéditas de sua carreira solo na época - do álbum "Prism" - e uma do "Love Parade". Ainda há a participação especial de Pontus Norgren na guitarra solo de "Nowhere 2 B Found", do Humanimal. A banda contava com Alex Papa nas baquetas, Gary Schutt no baixo (e violões) e o fantástico Howie Simon nas 6 cordas. Este último provou ser um verdadeiro monstrinho ao assumir a dificílima tarefa de executar músicas criadas e originalmente tocadas por ídolos da grandeza de Malmsteen, Rudi Pell e Zakk Wylde. O CD ainda conta com uma faixa exclusiva de estúdio chamada "Good Love" (hardzão com 5000 toneladas de açúcar, bem ao estilo de Jeff).

Assistindo ao DVD você comprova a bela performance dos músicos e especialmente de Jeff. Faixas como "2 Your Heart" (lindíssima introdução do show), o cover do Queen "Let Me Entertain You", "Stand Up" do fime Rockstar, a já citada "Again 2 B Found" e "I'll Be waiting" são imperdíveis e realmente emocionam. Se o álbum parasse por aí eu já estaria mais que satisfeito, mas aí vem a grande sacanagem para quem é fã: 2 medleys acústicos - um com músicas da carreira de Jeff (+ "Crazy" do Seal) e outro com músicas que ele gravou com Malmsteen. É de arrepiar e fazer sorrir qualquer aspirante a vocalista! Sacanagem! Tem fã cardíaco, porra!

Grande álbum e uma performance condizente de uma das maiores vozes da atualidade em qualquer estilo! Tomara que o cara ainda grave mais uns 50 álbuns!


Outras resenhas de Live At The Gods 2002 - Jeff Scott Soto

Resenha - Live At The Gods 2002 - Jeff Scott SotoResenha - Live At The Gods 2002 - Jeff Scott SotoResenha - Live at The Gods 2002 - Jeff Scott Soto




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Jeff Scott Soto"


Sons of Apollo: novo álbum MMXX será lançado em janeiro de 2020; veja teaserSons of Apollo
Novo álbum MMXX será lançado em janeiro de 2020; veja teaser

W.E.T.: banda do vocalista Jeff Scott Soto lança lyric video para "Burn"; confira

Jeff Scott Soto: comentários sobre a sua saída do JourneyJeff Scott Soto
Comentários sobre a sua saída do Journey

Jeff Scott Soto: cantor dá resposta afiada a Yngwie MalmsteenJeff Scott Soto
Cantor dá resposta afiada a Yngwie Malmsteen


Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados

Teoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?Teoria da Conspiração
Slipknot troca membros em shows ao vivo?


Sobre Bruno Coelho

Bruno Coelho é Arquiteto, escritor, poeta, produtor de eventos, pai, tradutor, intérprete e professor de inglês. Morou em cinco capitais brasileiras e hoje dedica-se ao árduo labor de organizar eventos na capital maranhense de São Luís. Fã do Dream Theater, Tool, Symphony X, Pain of Salvation e Evergrey, encontra espaço pra novas bandas e vertentes sempre.

Mais matérias de Bruno Coelho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336