Resenha - Of the Son and the Father - Astral Doors

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Olhe atentamente para a capa deste cd do sexteto sueco Astral Doors. Se você não achar que estamos diante de uma banda de black metal você ou é advinho ou inocente demais. Colocar padres crucificados na capa de seu cd de estréia é um tanto polêmico, tanto que no Japão (aonde se censuram 9 entre 10 capas obscenas), o cd saiu com uma capa alternativa. Mas a banda é na verdade uma competente banda de heavy tradicional, com um vocalista que consegue cantar igualzinho ao Dio, tão igual quanto Mike Trelli (Holy Mother e Messiah's Kiss).

Motley Crue: Atriz pornô comenta sua relação com Tommy LeeHetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no Metallica

"Cloudbreaker" é puro heavy metal, assim como "The Hungry People" e a cadenciada "Of the Son and the Father", com riffs poderosos e o vocal que dispensa comentários. Já "Slay the Dragon" soa como o Rainbow dos anos 70 (com o Hammond característico de Jon Lord, ex-Deep Purple). De fato a banda mistura todas as influências que possamos imaginar dentro do heavy e do rock, como Iron Maiden em "Ocean of Sand", Deep Purple e Rainbow em "In Prison for Life" , "The Trojan Horte" e "Burn Down the Wheel". Aquele rock pesado, quase heavy, com teclados bem colocados, e que fez a cabeça de muitos e ainda faz está bem presente por aqui.

Falta originalidade, é claro, mas sobra competência. Ouça as fantásticas "Rainbow in the Mind" e a excepcional "Man on the Rock" e veja se os refrões não irão grudar em sua cabeça. (Duvido que você não saia cantando "I'm a Man on the Rock, Like Jesus Christ"!!!). Este é um cd que definitivamente não quer criar nada de novo, apenas divertir o ouvinte, e o faz com competência.

Um excelente cd. A prova que se um dia Ronnie Dio resolver se aposentar já terá deixado pupilos a altura. Compre.... vale a pena.

Site Oficial: Http://www.astraldoors.com

Line Up:
Patrick Johansson - Vocais
Johan Lindstedt - Bateria
Jockie Roberg - Teclados
Martin Saglund - Guitarras
Joachim Norlund - Guitarras
Mika Itaranta - Baixo

Material Cedido Por:
Hellion Records
Http://www.hellionrecords.com.br
São Paulo (SP)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Astral Doors"


Heavy Metal: Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 3Heavy Metal
Alguns discos que são obras-primas pouco lembradas - Parte 3


Motley Crue: Atriz pornô comenta sua relação com Tommy LeeMotley Crue
Atriz pornô comenta sua relação com Tommy Lee

Hetfield: egos, Mustaine, Load e homossexualidade no MetallicaHetfield
Egos, Mustaine, Load e homossexualidade no Metallica


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336