[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Resenha - Bugs - Bugs

Por Paulo Finatto Jr.
Postado em 18 de março de 2004

Nota: 7

Uma banda nova e um trabalho promissor. É esta a melhor maneira de enquadrarmos a proposta musical da banda Bugs, proveniente de Natal (RN) e que está junta desde 2002. Pelo espírito setentista/oitentista do rock e hard rock, o ‘power-trio’ formado por Paolo (vocal e baixo), Denilton (guitarra) e Joab (bateria), é impulsionado por uma série de patrocínios e apoios que por meio destes, foi possível lançar de forma independente este seu primeiro CD, inclusive prensado e lançado em um formato bastante profissional.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Infelizmente nem tudo são flores neste início de carreira do Bugs: a começar pela produção deste disco auto-intitulado que acabou ficando bem abaixo de algo a ser considerado em um nível "bom". Para se ter uma idéia, a gravação está um pouco abafada e com os instrumentos em um volume mais alto que o habitual, deixando o vocal para o segundo plano – esquema que não funciona bem para um disco de mais de cinqüenta minutos, que por isso acaba soando maçante aos ouvidos de qualquer fã de rock n’ roll. Mas se por um lado a banda não primou por qualidade neste quesito, pelo outro notamos uma boa capacidade dos três músicos em elaborar músicas interessantes, boas letras em português e ainda uma execução que acaba não devendo nada a ninguém. Musicalmente temos composições mais sombrias e arrastadas com outras mais alegres e rápidas. É exatamente este tipo de mistura de influências que faz um disco de rock se tornar dinâmico e competente. Quanto aos músicos: Paolo manda muito bem no baixo e não escorrega na hora de cantar, o trabalho de guitarra por parte de Denilton é muito bom, mas acabou prejudicado pela produção – acontecendo a mesma coisa com o baterista Joab.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

"Náusea", a primeira música do disco tem um clima mais arrastado, que assim como algumas outras faixas do CD lembram um pouco o trabalho do já conhecido The Hellacopters. Em um clima mais para cima está a interessante "Bella Kiss", que acaba sendo um destaque à parte neste CD pela tamanha empolgação em sua execução. Novamente em uma linha The Hellacopters temos outra boa composição, "Perfume Noturno", assim como "Edgar" – uma composição de menos de dois minutos mas que deve funcionar muito bem ao vivo. A semi-instrumental "Je Suis Un Révolutionnaire" (em que a letra é apenas a repetição de diversas vezes do seu título) é mais um destaque, por tanto peso que chega quase a beirar um heavy metal tradicional. E são estas as músicas citadas os melhores momentos de "Bugs".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Melhorando na produção, polindo mais suas músicas e crescendo mais com shows, certamente o Bugs vai ser um bom nome do nosso cenário ‘rocker’. Agora, só depende deles essa melhora – que ao meu ver – é extremamente necessária nos dias atuais.

Site oficial: www.bugsrock.kit.net

Line-up:
Paolo (vocal e baixo);
Denilton (guitarra);
Joab (bateria).

Track-list:
01. Náusea
02. Laydee
03. Bella Kiss
04. Passageiro Feliz
05. Perfume Noturno
06. Olhos Nervosos
07. Vida Conjugada
08. Edgar
09. Doce Avenida
10. Je Suis un Révolutionnaire
11. Leito de Estela
12. Mantra 9 (Kraftblack Mix)
13. Laydee (Versão B)

Tempo total: 50:31

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Death Magnetic - Metallica


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.
Mais matérias de Paulo Finatto Jr..

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS