Resenha - Masterplan - Masterplan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

9


Este CD ‘pede’ para não ser resenhado, levando o crítico ao lado oposto de análise do disco. A tendência é que surjam mil e um pensamentos sobre o que os membros do conjunto poderiam fazer de suas carreiras, principalmente no que diz respeito ao vocalista. O Masterplan pode ser bom, mas não será Jørn Lande muita areia pro caminhãozinho da banda? É uma questão, porém não a abordarei muito aqui – pelo menos até a penúltima frase -, ou cairei na armadilha de resenhar, ao invés do trabalho em si, "o que poderia ser ou acontecer".

Legião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre

Humor: Quais são os rockstars mais chatos do mundo?

O debute da nova banda dos ex-integrantes do Helloween, Roland Grapow e Uli Kusch, é tiro certo no ponto comercial e acessível do metal. Não disse que eles se venderam, mas conseguiram prosseguir nas prateleiras das lojas com destaque. Prova disto é a quantidade de CDs que vendem e shows que vêm realizando, já tendo passado até pelo nosso Brasil.

Grapow caprichou nas guitarras, numa de suas melhores performances, certamente. Melodias e riffs pegajosos e novamente um cantor à altura de sua competência. Este é outro guitarrista abençoado por grandes vocalistas.

Kusch também vai bem na bateria. Contudo, não dá pra dizer que foi muito além do que usualmente fazia no Helloween. Segue consistente, ok.

Axel Mackenrott e Jan S. Eckert não são monstros em seus instrumentos, mas realizam um trabalho suficiente pelo que é requerido no som do Masterplan. Bem afinados, com sonoridades excelentes munidas da ajuda fundamental do meticuloso produtor Andy Sneap.

Lande dá mais provas de que faz o que bem quer com a sua voz. Alcançou um status fantástico na cena metálica e nada mais que merecido. Compõe muito, canta absurdamente. "Enlighten Me", "Into The Light" e "Crawling From Hell" demonstram como ele pode variar e soar bem de várias formas.

O conjunto é muito bom, o debute idem. É pra ouvir com atenção, ficar de olho no próximo álbum e tudo mais. Todavia, em relação aos vocais, pra quem ouviu o norueguês no Beyond Twilight, Vagabond, The Snakes, e ao lado de Tore Østby, John Macaluso, Randy Coven e Mats Olausson, só resta ‘prosperamente’ dizer: Jørn Lande volte para o Ark... AGORA!!!

Site Oficial: http://www.master-plan.net

Formação:
Jørn Lande (Vocais)
Roland Grapow (Guitarras)
Axel Mackenrott (Teclados)
Jan S. Eckert (Baixo)
Uli Kusch (Bateria)

Material cedido por:
Rock Brigade Record / Laser Company – http://www.rockbrigade.com.br
Rua dos Bonitos 89 – São Paulo / SP
BRASIL CEP: 04117-080
Telefone: +55 (11) 5579-4124
Fax: +55 (11) 5575-4526
Email: [email protected]


Outras resenhas de Masterplan - Masterplan

Masterplan: O começo com o pé direito e superando expectativas

Resenha - Masterplan - Masterplan

Resenha - Masterplan - Masterplan




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Jorn Lande: gostaria de ter cantado no RainbowJorn Lande
"gostaria de ter cantado no Rainbow"

Masterplan: segundo Grapow, Jorn Lande nunca fez nada pela bandaMasterplan
Segundo Grapow, Jorn Lande nunca fez nada pela banda


Legião Urbana: O dia em que Renato calou a plateia do Programa LivreLegião Urbana
O dia em que Renato calou a plateia do Programa Livre

Humor: Quais são os rockstars mais chatos do mundo?Humor
Quais são os rockstars mais chatos do mundo?


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin