Resenha - Red Letter Days - WallFlowers

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar Correções  

7


O Wallflowers se situa naquela linha tênue entre o Rock e o Pop, podendo, em qualquer deslize, descambar para o Pop desenfreado. Felizmente a banda, liderada por Jakob Dylan (filho de Bob Dylan), sabe muito bem harmonizar os dois lados, mantendo sempre um referencial Rock . "Red Letter Days" é o sucessor do maravilhoso "Breach" e, mesmo sendo pior que o anterior, continua mantendo essas mesmas características.

publicidade

Tudo está no mesmo lugar: os vocais de Jakob Dylan, os ótimos arranjos, a produção impecável, os grandes refrãos e algumas composições de deixar qualquer um de boca aberta (embora nada que chegue perto das maravilhosas "SleepWalker" e "I´ve Been Denied").

A primeira "When You Are On Top" até assusta um pouco pela batida eletrônica inicial, mas depois tudo volta ao seu lugar e faz dela uma grande faixa. O disco segue com "How Good It Can Get", "Closer To You" e a bem Rock "Everybody Out Of The Water", que mostram como "Red Letter Days" vai soar até o final. Alguns outros destaques ficam com a linda "Three Ways", a excelente "Too Late To Quit" e "Everything I Need".

publicidade

O disco (na versão nacional também) ainda traz uma bônus track, "Empire Of My Mind", que está no nível de todas outras faixas do CD. Se você não conhece os Wallflowers é melhor começar por outro CD, mas este se mantém obrigatório na discografia de qualquer fã da banda.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Galeria: Musas do Rock e Heavy MetalGaleria
Musas do Rock e Heavy Metal

Motorhead: perguntas dos fãs respondidas por LemmyMotorhead
Perguntas dos fãs respondidas por Lemmy


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin