Resenha - Millennium Metal Chapter One - Metalium

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

9


Quando foi mencionado em 1999 que o guitarrista Chris Caffery (Savatage), o batera Mike Terrana (Rage, Axel Rudi Pell) estariam integrando o Metalium, muitos imaginaram que este supergrupo, completado por Lars Ratz (baixo), Henning Basse (ex-Brainstorm – vocal) e Mathias Lange (Guitarras) era um projeto dos dois primeiros. Ledo engano: ambos eram convidados de Lars, que junto com Mathias e Henning formam o núcleo base da banda, que permanece até hoje, tendo tido como integrantes o ex-Savatage Jack Frost (no lugar de Chirs) e o batera Mark Cross (atual Helloween).Mas muitos concordavam... mas um supergrupo de heavy metal na área e com ares de grandiosidade.

Gilby Clarke: Axl me disse "aproveite seu último show"

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos

"Circle of Fate" era apenas o começo forte para a rapidíssima "Fight" e a cadenciada "Dream of Doom". A banda bebia direto no power oitentista e no speed clássico germânico, tendo lançado um excelente petardo de estréias. Faixas como a ótima "Break the Spell" e a suja "Revelation" davam a tônica do cd. Um aglomerado heavy de altíssima qualidade. Sobrava garra em "Void of Fire" (com seus riffs agressivíssimos) e na mais hard/heavy "Strike Down the Heathen" (a melhor do cd).

A banda, como era de imaginar, era perfeita. As guitarras de Chris e Mathias soavam perfeitas, e o baixo de Lars era pulsante, assim como a pegada da bateria de Mike. Henning Basse mostrava um de seus melhores trabalhos como vocalista, depois de lançar o belo "Unholy" pelo Brainstorm. Seu tom agudo não era irritante e ele sabia como poucos usar sua voz com versatilidade. Após a pesadíssima "Metalians", que fecharia o cd, a banda ainda apresentaria duas surpresas (bônus da versão brasileira). Uma versão superpesada de "Smoke on The Water", que arrancou elogios de Roger Glover pela originalidade, e o arregaçado cover de "Burning" do Accept (presente no tributo a banda em seu primeiro volume).

O Metalium passaria por mudanças na formação. Mas este "debut" já mostrava que a banda vinha para ficar. E ficou até hoje! Long Live the Metalians!!!

Site oficial: http://www.metalium.de

Material Cedido por:
Hellion Records
http://www.hellionrecords.com
São Paulo (SP)




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Luís Ricardo: rockstars mostram como se cospe fogo de verdade!Luís Ricardo
Rockstars mostram como se cospe fogo de verdade!

ABBA e Heavy Metal: A tênue linha que nos separa dos outros gênerosABBA e Heavy Metal
A tênue linha que nos separa dos outros gêneros


Gilby Clarke: Axl me disse aproveite seu último showGilby Clarke
Axl me disse "aproveite seu último show"

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatosMegadeth
Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin