Resenha - Emprise To Avalon - Suidakra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Algumas bandas misturam homogeneamente vertentes metálicas. Para entrarmos na linha da crítica, podemos citar o Thyrfing, que traz o pagão e folclórico penetrando o death. O Suidakra brota de mesmas influências, porém com abordagem diferente, heterogênea, sendo os elementos separados nitidamente e cada estilo tocado em sua hora, numa clássica prova do metodismo alemão.

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1989Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Na veia mais extrema do grupo, a introjeção da escola sueca é óbvia, principalmente pelas guitarras induzidas fortemente por um sensor melódico, o qual se depara e ecoa, por vezes, à maneira da velha e famosa NWOBHM.

Já o lado menos agressivo, e quase sempre imposto por instrumentos acústicos e outros de proveniência do 'folk' irlandês, escancara a paixão dos componentes por conjuntos como Skyclad e Blind Guardian. Aliás, o primeiro citado fora homenageado no álbum anterior dos germânicos ("The Arcanum" - 2000), onde há uma versão para "The One Piece Puzzle".

As partes não se cruzam, mas se preenchem. Os vocais limpos completam perfeitamente os guturais, e vice-versa. Da mesma forma, violões e guitarras, folclórico e death. Som técnico, estudado, contagiante e que mesmo trabalhando em temas pouco originais nas letras, exemplo das lendas do Rei Arthur e da espada Excalibur, agrada e muito.

A escolha de Andy Classen novamente chegou ao nível de melhor impossível. O produtor foi crucial na divisão metódica dos meios influentes e caiu como luva dentro dos objetivos do Suidakra. Que a união prossiga, pois "Emprise To Avalon" é uma amostra excepcional de que Arkadius e sua turma evoluem e amadurecem a cada lançamento. Imperdível!

Site Oficial - http://www.suidakra.info

Formação:
Arkadius (Vocais - Guitarras - Violões - Baixo - Teclados)
Marcel (Vocais limpos - Guitarras - Violões - Tin-Whistle)
Lars (Bateria - Percussão)

Material cedido por:
Century Media Records - http://www.centurymedia.com.br
Telefone: (0xx11) 3097-8117
Fax: (0xx11) 3816-1195
Email: brasil@centurymedia.com.br


Outras resenhas de Emprise To Avalon - Suidakra

Suidakra: Death Metal melódico repleto de elementos folkResenha - Emprise To Avalon - Suidakra




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Suidakra"


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1989Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1989

Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Guitarristas: 15 músicos que provavelmente você não conheceGuitarristas
15 músicos que provavelmente você não conhece

Gosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy MetalGosto duvidoso
As piores capas da história do Rock e Heavy Metal

Slash: Comentários sobre Guns, pornstars e Michael JacksonSlash
Comentários sobre Guns, pornstars e Michael Jackson

Pantera: Namorada de Dime explica porque Anselmo não foi ao enterroPantera
Namorada de Dime explica porque Anselmo não foi ao enterro

Placas de carros: Forma diferente de homenagear bandas favoritasPlacas de carros
Forma diferente de homenagear bandas favoritas


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.