Resenha - Destructor - Black Steel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

7


Matt Williams (Vocais)

Jamie Page (Guitarra)
Andrew DiStefano (Guitarra)
Dave Harrison (Baixo)
Damien Petrilli (Bateria)

publicidade

O nome da banda, a capa, o visual dos integrantes, os títulos das músicas, entre outras coisas, me levavam a crer que o Black Steel seria mais um daqueles grupinhos chatíssimos que não se cansam de repetições e já soam enjoativos na segunda faixa. Ainda bem que não é assim e o desagrado se limitou apenas às primeiras aparências.

Na verdade, esses australianos adotam sim uma linha famosa e extremamente explorada, num power metal direto, e repleto de influências da NWOBHM. Porém, eles o fazem com categoria e acabam se destacando, com uma pegada firme e fraseados de guitarra excelentes, que chegam a proporcionar momentos espetaculares.

publicidade

Essa inspiração não é presença certa em todo o disco e os músicos se rendem a clichês, vez ou outra. Todavia, o alto nível, principalmente de guitarra base e bateria, acaba gerando um sentimento agradável e não uma impressão de que o Black Steel é só uma cópia do que já foi feito.

A produção é boa, mas poderia ter ficado mais caprichada. De qualquer maneira, "Destructor" é um debute, e para tal, aparece bem até demais. Os australianos mais europeus que já conheci têm futuro, e é bom ficar de olho neles.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Aerosmith: Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiroAerosmith
Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro

Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin