Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemIron Maiden: Bruce fala sobre groupies; "parei de transar com elas quando me apaixonei"


Resenha - Another Hair Of The Dog - Tributo ao Nazareth

Por Fábio Faria
Em 25/01/02

Nota: 7

Homenagem mais que merecida à banda escocesa Nazareth. "Another Hair of The Dog – Tribute to Nazareth", lançado pela Store For Music traz interpretações inspiradas, músicos de extrema qualidade e grandes hits ao lado de músicas quase descartáveis. No caso de um tributo isso é normal e até aceitável.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entretanto, neste CD existe uma particularidade que não pode ser deixada de lado. Das 12 canções, 5 delas são versões para músicas que o Nazareth gravou de outros artistas, ou seja, é o cover do cover. É um fato curioso, no entanto, quando nos deparamos com versões que fizeram sucesso na voz de Dan McCafferty (vocalista do Nazareth) para músicas como "Love Hurts" do The Everly Brothers ou "This Flight Tonight" da cantora Joni Mitchell a excentricidade torna-se perfeitamente compreensível.

Já quando se trata da canção "Piece of My Heart", imortalizada na voz de Janis Joplin, a coisa perde o rumo. A versão do Nazareth para essa canção não deveria nem ter sido lembrada na hora de escolher o track list do CD, uma vez que é bem fraquinha; mesmo assim é agradável ouvir o mestre Glenn Hughes a interpretando de forma competente. O mesmo acontece com "Ruby Tuesday" dos Rolling Stones; É "legalzinha", mas com tanto material bom do Nazareth a escolha não foi das mais sensatas. Como consolo os clássicos dos escoceses estão bem representados por versões para "Shanghai'd In Shanghai", "Razamanaz" e "Hair Of The Dog".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O que não se pode negar neste tributo é que independentemente da escolha do repertório, as canções receberam versões dignas de elogios. O time de músicos é composto por nomes bem conhecidos, que fazem ou fizeram parte de bandas como Deep Purple, UFO, Foreigner, Whitesnake, Gillan, Trapeze, Black Sabbath, Iron Maiden, Motorhead, Fastway, FM, Gary Moore Band, Mammoth, Grim Reaper, Rainbow, Ozzy Osbourne, Lionsheart, Killers, Bad Company, Jeriko, Brian May Band e Samson. O mérito maior é dos vocalistas, que realmente dão o melhor de si. Como destaques podemos citar Doogie White em "Love Hurts", que soube dar à música a interpretação que ela necessita. Outros nomes como Paul Di’Anno, Steve Grimmett, e claro, o já citado Glenn Hughes não podem deixar de ser lembrados. O Nazareth merece o empenho deles.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Músicos

Vocais: Glenn Hughes, Chris Thompson, Paul Di’Anno, Steve Overland, Nicky Moore, Steve Grimment e Doogie White.

Guitarras: Phil Campbell, Mick Moody, Paul Chapman, Bill Liesegang, Bernie Torme, Lea Hart e Steve Parry.

Baixo: Neil Murray, Rock Wills, Steve Parry e Marcelo Bracalente

Teclados: Jem Davis

Bateria: Pete Jupp

Track List: música/ vocal

01. Piece Of My Heart - Glenn Hughes
02. Shanghai'd In Shanghai - Steve Overland
03. Hair Of The Dog - Paul D'ianno
04. Love Hurts - Doogie White
05. Let Me Be Your Day - Nicky Moore
06. This Flight Tonight - Doogie White
07. Broken Down Angel - Paul D'ianno
08. Bad Bad Boy - Steve Grimmett
09. May The Sunshine - Steve Overland
10. My White Bicycle - Steve Grimmett
11. Razamanaz - Doogie White
12. Ruby Tuesday - Chris Thompson

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemNazareth: Confira lyric video de "Runaway", 2º single de "Surviving the Law"

Nazareth: Lançado no Brasil, "Razama-Snaz!", livro sobre a história do grupo

imagemNazareth: Confira 'Strange Days", primeiro single de "Surviving the Law"


Danilo e suas tattoos: uma história de amor pelo Nazareth



Sobre Fábio Faria

"Maidenmaníaco" convicto, nascido em 1973, passou a escutar Rock com 10 anos de idade. Primeiro disco adquirido foi "Destroyer" do Kiss. Logo depois conheceu o álbum "Killers" do Iron Maiden, e a identificação foi instantânea. Curte todos os estilos e sub-estilos do Rock e do Metal. Sem preconceito, escuta desde Black Sabbath, Yes, Janis Joplin, Slayer, In Flames, Sex Pistols até Dream Theater, U2, Blind Guardian, Slipknot, Carcass, etc. Bandas favoritas: Iron Maiden e Beatles.

Mais matérias de Fábio Faria.