Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemIron Maiden: Bruce fala sobre groupies; "parei de transar com elas quando me apaixonei"


Stamp

Resenha - Dark Discovery - Evergrey

Por Thiago Sarkis
Em 30/03/05

Nota: 8

Finalmente chega ao Brasil o debute do Evergrey, "The Dark Discovery" (1998), fazendo com que a banda sueca tenha sua discografia completa lançada em nosso território, para deleite dos fãs brasileiros, via Hellion Records.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A estréia do conjunto liderado por Tom S. Eglund mostra características típicas de seu estilo composicional que tornaram-se, felizmente, usuais a nossos ouvidos. Atmosferas bem carregadas provenientes de referências góticas, participação de mulheres nos vocais – neste caso a brilhante Carina Kjellberg –, além de coros e instrumental muito bem trabalhado remetendo-nos ao progressivo.

Faixas como "Closed Eyes", contando com a participação especial de Andy La Rocque (King Diamond), também produtor do disco; "When The River Calls", na qual apresenta-se o fantástico Mattias IA Eklundh (Freak Kitchen); e "For Every Tear That Falls", o primeiro grande clássico do Evergrey, com destaque ao dueto de Kjellberg e Eglund, já fazem de "The Dark Discovery" um CD acima da média e, para sua época, praticamente uma dádiva frente à baixa criatividade que imperava até então no power metal progressivo.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Apesar de todos os méritos, é inegável que sete anos depois, e com lançamentos como "In Search Of Truth" (2001), e "The Inner Circle (2004), temos uma visão mais abrangente e crítica sobre o Evergrey. Por essa e outras razões, ficam claras algumas falhas no primeiro álbum, especialmente no que concerne a produção e mixagem. O trabalho de Andy La Rocque é bom, mas deixa a desejar em vários sentidos, como se àquele tempo, nem ele e a banda tivessem entendido ainda o vasto leque de idéias e possibilidades de exploração das sonoridades próprias do grupo.

O tempo deu conta do recado e acertou os ponteiros, mas não conseguiu recuperar este aspecto em "The Dark Discovery". De qualquer maneira, é um ótimo lançamento e que, vale lembrar, conta ainda com uma faixa extra, multimídia, sendo esta o vídeo para "For Every Tear That Falls".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Site Oficial – http://www.evergrey.net

Tom S. Eglund (Vocais – Guitarras)
Dan Bronell (Guitarras)
Daniel Nojd (Baixo)
Will Chandra (Teclados)
Patrick Carlsson (Bateria)

Material cedido por:
Hellion Records – http://www.hellionrecords.com
Rua 24 de Maio, 62 – Lojas 280 / 282 / 308 – Centro.
São Paulo – SP – BRASIL
CEP: 01041-900
Tel: (11) 5083-2727 / 5083-9797 / 5539-7415
Fax: (11) 5549-0083
Email: [email protected]


Outras resenhas de Dark Discovery - Evergrey

Resenha - Dark Discovery - Evergrey

Resenha - Dark Discovery - Evergrey

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da Suécia



Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.