Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemEvanescence anuncia a saída da guitarrista Jen Majura

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemVinte excelentes músicas do Iron Maiden escritas pelo "chefe" Steve Harris

imagemSe vira nos 30: Andre Matos tomou cano de produtor e fez milagre pra agradar fãs

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemO clássico dos Rolling Stones que levou mais de 30 anos para ser tocado ao vivo

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen


Resenha - Enemies of Reality - Nevermore

Por Bruno R. T. Rebello
Em 08/09/03

Nota: 9

Eu me arrisco a dizer: O melhor disco de Thrash metal do ano. Eu to falando do St. Anger do Metallica? Tsc, tsc obvio que não, Metallica FOI uma banda importantíssima pro metal que hoje em dia vive do mainstream e de fãs medíocres que não enchergam um palmo a sua frente e têm mania de grandeza. Estou falando "do mais novo e sensacional disco do ano" "Enemies of Reality" do Nevermore.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pois então, são nove faixas, 40 minutos de duração que quando termina você fala: "Mas que porra já acabou?!" Esse é o ponto fraco do álbum. É curto demais e deixa um pouco frustrado quem esperou quase 3 anos pra ouví-lo.

Destaques: A faixa titulo "Enemies of reality", extremamente pesada ; "Ambivalent", agressiva e tem um ótimo solo ; "Never purity", cativante ; "Tomorrow turned into yesterday", a mais calma do disco mais também muito boa (para quem gostou de "the Heart collector" do álbum anterior) ;"Who decides" , emocionante e é outra um pouco mais calma embora tenha uma introdução e um fim com riffs muito pesados e "Noumenon" , experimental e estranha.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pois é estranha, "Noumenom" começa com solos improvisados do Jeff Loomis e com vozes desconexas. Na verdade essa música deveria ser só instrumental. Em uma entrevista Jeff comentou: "Foi uma experiência com o Nevermore no estúdio, apenas fazendo alguns barulhos estranhos, como solos; era mais ou menos uma faixa instrumental no começo e quando o Kelly Gray chegou no estúdio e ouviu, gostou. Eram apenas barulhos de guitarras e vocais estranhos. E acho que ficou muito legal." E ficou mesmo, uma música bonita e melancólica.

Outro "defeito no álbum" é a produção. É ruim? Não, não é. Mas realmente não chega aos pés do que fez Andy Sneap no "Dead Heart in a dead world". E nem a culpa é só do Kelly Gray (ex Queensryche). Na verdade a gravadora Century Media soltou pouca verba pro álbum, porque esse pode ser o ultimo da banda pela gravadora.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Agora, me expliquem uma coisa, o que faz uma gravadora "estragar" um álbum de umas das principais bandas? Isso não seria auto mutilação, atirar contra o próprio pé e etc?. Mas explica o porque das grandes gravadoras estarem tão mal das pernas.

"Enemies of reality " deve ser o álbum mais pesado do Nevermore porem continua com linhas melódicas bem emocionais e fortes.

Warrel Dane canta repetidamente: "we are the enemies of REALITY" e eu digo: uma pena, porque na REALIDADE esse disco ficou muito bom. :-D

Formação:
Warrel Dane (Vocal)
Jeff Loomis (Guitarra)
Jim Sheppard (Baixo)
Van Willians (Bateria)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Músicas:
1. Enemies of reality
2. Ambivalent
3. Never Purify
4. Tomorrow Turned Into Yesterday
5. I, Voyager
6. Create the infinite
7. Who Decides
8. Noumenon
9. Seed Awekening


Outras resenhas de Enemies of Reality - Nevermore

Resenha - Enemies Of Reality - Nevermore

Resenha - Enemies Of Reality - Nevermore

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Jim Sheppard: "Foi uma benção gravar mais um álbum antes de Warrel Dane morrer"

Do sonho ao pesadelo; Marcus Dotta conta sua trajetória ao lado de Warrel DaneDo sonho ao pesadelo; Marcus Dotta conta sua trajetória ao lado de Warrel Dane