Resenha - Perfect Balance - Balance Of Power

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

9


Lançar um excelente debute não é fácil. Mais difícil ainda é se manter no topo após um grande trabalho de estréia. Estes fatores fazem do terceiro e quarto álbuns, as fases mais críticas da carreira de um grupo. Muitos conseguem superá-las, mas poucos com a eficiência do Balance Of Power.

publicidade

A regularidade que esta banda apresentou em seus quatro primeiros discos é de impressionar qualquer um. O primogênito, "When The World Falls Down", apresentou de cara, uma qualidade acima da média. Seus sucessores, respectivamente "Book Of Secrets", "Ten More Tales Of Grand Illusion", e finalmente "Perfect Balance", seguiram uma linha evolutiva. Um foi superando o outro, porém em pequenos detalhes, que tornam até difíceis as comparações. No entanto, o amadurecimento é nítido e o Balance Of Power se encontra em uma crescente incrível. Não dá para imaginar onde eles vão parar.

publicidade

"Perfect Balance" possui nove faixas e mais de cinqüenta minutos de duração, nos quais o power metal melódico, característico do quinteto, se encontra apoiado em toques de progressivo e hard rock. Uma mistura que nasce das composições de Tony Ritchie, contendo as excelentes levadas de Lionel Hicks na bateria, as guitarras pesadas de Pete Southern e Bill Yates, e os vocais limpos e extremamente consistentes de Lance King. Além disto, aparecem as linhas preciosas de Leon Lawson - músico adicional - nos teclados.

publicidade

"Higher Than The Sun" e "House Of Cain" são destaques absolutos. Não obstante, temos canções não menos excepcionais, como "Shelter Me", "Killer Or The Cure" e "One Voice".

A capa não segue o nível de suas sensacionais antecessoras. No entanto, o encarte caprichado e a ótima produção compensam. Lá fora eles estouraram há um bom tempo. Já passou da hora de acontecer o mesmo no Brasil e em toda a América do Sul.

publicidade

Site Oficial – http://www.balance-of-power.com

Lance King (Vocais)
Pete Southern (Guitarras)
Bill Yates (Guitarras)
Tony Ritchie (Baixo)
Lionel Hicks (Bateria)

Material cedido por:
Nightmare Records – http://www.nightmare-records.com
7751 Greenwood Drive, Saint Paul,
Minnesota (MN) – 55112 - USA
Email: [email protected]

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metallica: os fantasticos carros de James HetfieldMetallica
Os fantasticos carros de James Hetfield

Frances Bean Cobain: assustada com tatuagem de fãFrances Bean Cobain
Assustada com tatuagem de fã


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin