Resenha - Sanctuary - Symphorce

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Simas
Enviar Correções  

7


"Eye of Hourus" abre o CD mostrando o peso da guitarra de Cedric Dupont e o potente vocal de Andy B. Franck, ex-vocalista da banda Ivanhoe, que é excelente, mas que mesmo assim não consegue fazer com que o resultado das 10 faixas empolgue o ouvinte.

publicidade

A grande parte dos riffs de guitarra encontrados no álbum estão acima da média, proporcionando grandes momentos nesse Sanctuary, fazendo um heavy metal vigoroso, com pitadas de power metal e heavy melódico.

A banda até que tem certa personalidade, mas ainda tem que ser mais trabalhada, pois eles estão no caminho certo. Nessa mesma linha seguem as outras faixas como "Holy Sin", "Until the Last", "Reveal the Secrets", a mais cadenciada e muito boa "Freedom" e a última e também muito boa "Gone too Far".

publicidade

Com um pouco mais de identidade e trabalhando mais as melodias dos refrãos o Symphorce tem tudo para entrar na lista das principais bandas do estilo. Mas esse ainda é um caminho que tem que ser percorrido pois a banda tem potencial, mas as composições ainda estão um pouco sem sal. Também vale citar os outros músicos: Dennis Wohlbold (baixo), Stefan Kollner (bateria) e H.P. Walter (teclados) desempenham muito bem suas funções. Esperamos o próximo disco para ver se alguma mudança vai ser feita.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sgt. Peppers: O mais importante disco da história?Sgt. Peppers
O mais importante disco da história?

Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta


Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua...

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin