Resenha - Really Crazy Germans - Adolf Castle

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Seguindo os novos modismos do metal, nem a própria Alemanha parece comportar o estilo que reinou em seu território nos anos oitenta. Um exemplo disto é o Adolf Castle que com uma sonoridade bem semelhante à de Accept e Helloween, foi obrigado a sair de seu país e assinar contrato com uma gravadora russa.

Metallica: ouça "Nothing Else Matters" em escala maiorAndreas Kisser: os álbuns que marcaram o guitarrista

"Really Crazy Germans" traz tudo o que um nativo alemão, ou um fã do metal daquela região, poderia querer. Aliás, poucas vezes tive a oportunidade de ouvir uma banda tão germânica e européia quanto esta.

Além de todas as influências de seus conterrâneos do passado, o Adolf Castle ainda apresenta elementos folclóricos de nações inveteradas consumidoras de bebidas alcoólicas, caso de Irlanda, Escócia e da própria Alemanha. Dá até pra ver os barris de chopes e copos de whisky escorrendo por faixas como "Gallow Tree" e "Oh' Grand Old Alaric!".

A diferenciação obtida perante os demais é certamente conseqüência do bom nível técnico das composições e dos músicos. É impressionante como conseguiram soar únicos, mesmo expondo suas raízes, deixando-as 'acima da terra', explícitas.

Os caras tocam realmente muito e criam excelentes harmonias e melodias. Podemos destacar aí as músicas "Fritz Und Hans", "Crazy Germans", "Heart Of The Spring" e "Vilissa" e as atuações de Frederick Attila no baixo, e Cyril Thor e Wolf Maria Hunter nas guitarras.

A mancada do dia fica por conta da produção. Se o objetivo rondava uma sonoridade oitentista, falhou, pois a qualidade das gravações está mais para lançamentos das décadas de cinqüenta e sessenta.

Site Oficial - http://valiantmusic.musica.mustdie.ru/releases/vmp003.html

Dylan Troy (Vocais)
Cyril Thor (Guitarras & Violões)
Wolf Maria Hunter (Guitarras)
Frederick Attila (Baixo)
St. Patrick (Bateria)

Material cedido por:
MetalAgen Records / Valiant Music Productions - http://valiantmusic.musica.mustdie.ru
P.O. Box 143, 127486
Moscow, Russia
Tel: +7 (095) 159-6189
Fax: +7 (095) 186-1700
Email: valiant@cea.ru




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Adolf Castle"


Metallica: ouça Nothing Else Matters em escala maiorMetallica
Ouça "Nothing Else Matters" em escala maior

Andreas Kisser: os álbuns que marcaram o guitarristaAndreas Kisser
Os álbuns que marcaram o guitarrista

Iron Maiden: Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993Iron Maiden
Steve Harris pensou em acabar com a banda em 1993

Slayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela bandaSlayer
Fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda

Filhos de Rockstars: qualquer coincidência é semelhançaFilhos de Rockstars
Qualquer coincidência é semelhança

Iron Maiden: vídeos do programa Top of The PopsIron Maiden
Vídeos do programa Top of The Pops

Floor Jansen: deveria acabar este lance de Metal com vocais femininosFloor Jansen
Deveria acabar este lance de "Metal com vocais femininos"


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336