Resenha - Acústico MTV - Ira!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Anderson Nascimento
Enviar correções  |  Ver Acessos


Falar sobre um álbum acústico MTV nos dias de hoje acaba tornando-se uma tarefa redundante. Sempre leio bordões que falam que a fórmula já está esgotada e coisa e tal, mas acho que quando o trabalho é elaborado com carinho e dedicação pela banda, o resultado vale muito a pena, e esse é o caso do Acústico do IRA!

Vocalistas: Os 10 melhores da história do rockKeith Richards: Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre o IRA! mesmo, acho que não temos mais muito o que falar, a banda tá aí, firme e forte e vai muito bem obrigado. A sequência de êxitos data do maravilhoso disco "Isso é Amor" de 1999, na seqüência o álbum ao vivo de 2000 que comemorou os 20 anos da banda (também lançado pela marca MTV) e também primoroso disco de inéditas "Entre seus rins" do ano seguinte.

Quando peguei o álbum para ouvir levei logo de cara um susto. O álbum não conta com todos os sucessos do IRA! como é de praxe nos acústicos da vida. Logo, pensei que o álbum não seria tão vendido e badalado - me enganei bonito! O álbum é líder de vendas nas maiores lojas e sites especializados em cds,e além disso, vem sendo bastante executado nas rádios.

O segredo desse sucesso talvez tenha sido a inclusão de algumas inéditas que entrariam no próximo disco inédito da banda que já estava sendo gravado. Os convidados também foram bem escolhidos, "Pitty" representando a geração 2000, canta maravilhosamente a música "Eu quero sempre mais", Samuel Rosa (Skank), representando a geração 90, também berrenta em "Tarde Vazia" e por fim, os Paralamas fazem uma jam na música "Envelheço na Cidade" e representam dignamente os anos 80. As releituras de "lados b" também são um ponto forte do álbum, tem gente achando que "Girassol" é uma das inéditas do disco. Falando em lado b, "Rubro Zorro" ganhou uma versão raivosa. "Pra ficar comigo", cover do Clash, "Flerte Fatal" e "Por Amor", mesmo sendo inéditas, são destaques do projeto Acústico do IRA!

Chega ser um pouco engraçado ver uma banda acostumada com porradaria, como IRA!, sentada em banquinhos e comportados. Mas mesmo de forma acústica o IRA! é muito mais porrada que muita gente por aí. Falando em engraçado, o Nasi está a cara do seu ídolo Wolverine.


Outras resenhas de Acústico MTV - Ira!

Resenha - Acústico MTV - Ira!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ira!"


Nasi: Chorão foi o maior roqueiro de sua geraçãoNasi
"Chorão foi o maior roqueiro de sua geração"

Rock Nacional: Os 15 melhores riffs de guitarraRock Nacional
Os 15 melhores riffs de guitarra


Vocalistas: Os 10 melhores da história do rockVocalistas
Os 10 melhores da história do rock

Keith Richards: Metallica e Black Sabbath são grandes piadasKeith Richards
Metallica e Black Sabbath são "grandes piadas"


Sobre Anderson Nascimento

Anderson Nascimento é Analista de Sistema e Professor Universitário de profissão, tendo cursado Pós-Graduação em Análise, Projeto e Gerência de Sistemas na PUC-RJ. Sua grande paixão é a música, começou a colecionar discos ainda na época do vinil, em 1986, com o álbum Abbey Road dos Beatles. Esse foi o primeiro passo para esse hobby que viria a se tornar tão importante em sua vida. Entre as várias atividades no meio musical, Anderson é compositor e integrou a banda de rock Projeto:Paradoxo entre 1996 e 2004. Anderson é um ávido colecionador de discos e também escreveu sobre música em vários veículos de comunicação.

Mais matérias de Anderson Nascimento no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336