RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO rockstar que rejeitou duas vezes a Rainha Elizabeth II

imagemA música do Rush que a própria banda considerava "uma das piores"

imagemA mancada pela qual George Harrison disse que Eric Clapton jamais o perdoou

imagemO rockstar rejeitado pela Rainha Elizabeth II que foi condecorado, mas não por ela

imagemThe Cure: 5 bandas que o vocalista Robert Smith já declarou odiar

imagemA incrível banda obscura, brutal e bela que foi o Black Sabbath dos 90s para Scott Ian

imagemTim Ripper diz que sua era como vocal do Judas Priest foi "varrida para debaixo do tapete"

imagemAnúncio do Parkway Drive como headliner do Summer Breeze causa chiadeira

imagemFãs do Guns N' Roses tretam com Regis Tadeu nas suas redes sociais

imagemDe e-mail a rolê com Mustaine, Kiko Loureiro conta como se tornou integrante do Megadeth

imagemOs motivos que levaram Jairo Guedz a sair do Sepultura na época do "Schizophrenia"

imagemArnaldo explica por que saía do palco quando Titãs tocava hit de "Cabeça Dinossauro"

imagemNovo vocalista do Skid Row já estava na mira da banda há um bom tempo

imagemTodos os rockstars que já recusaram ser condecorados pela rainha Elizabeth II

imagemMonise Sousa: falece ex-vocalista do Retaliatory e Baixo Calão, vítima de leucemia


NFL Steve Harris

Resenha - In The Name Of Rock - Mad Margritt

Por Thiago Sarkis
Em 28/05/00

Nota: 9

O grupo norte-americano Mad Margritt foi corajoso ao escolher o nome "In The Name Of Rock" para o seu segundo álbum. Afinal, só pelo título o ouvinte já acredita que algo de muito bom esteja lhe esperando e, desta forma, a responsabilidade dos músicos passa a ser imensa.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

O que fica visível a cada faixa do álbum é que, além de coragem, os caras têm talento e são extremamente competentes. Honraram, sem dúvida alguma, o nome que deram ao primeiro lançamento que fizeram pela Delinquent Records.

Músicas pesadas, intensas, frenéticas, com variações bem interessantes e refrãos inesquecíveis que, definitivamente, grudam na mente. Além disso, ótimas baladas, com belíssimas melodias.

O destaque maior é o vocalista Eddie Smith, que mostra uma garra fenomenal aliada a uma voz estupenda. Nas baladas, ele nos apresenta um estilo próprio, marcante. Já nas músicas mais pesadas, Eddie faz verdadeiras "menções" a vocalistas que entraram para a história do hard rock, como Sebastian Bach. A citação feita não foi à toa. Apesar de trazer características de outras feras do estilo, Eddie Smith lembra mesmo é Sebastian Bach em seus momentos mais empolgantes, que chegam a passar aquela impressão de um cantor irado, fazendo até mais do que pode com suas cordas vocais.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A faixa que dá o título ao álbum é a melhor de todas. Tem todas as características já apontadas e mais algumas que só podem ser desvendadas por um verdadeiro fã de rock, em todas as suas vertentes. Do mais puro ao mais variado.

Infelizmente, existem falhas na produção. Não são coisas "brutais" mas chegam a incomodar.

Para quem quiser uma amostra do que essa excelente banda faz, aí vai um link para um arquivo mp3, com um trecho de vinte e oito segundos da faixa-título, localizado no site oficial do Mad Margritt:

Formação
Eddie Smith - Vocais e Guitarra
Michael V. Teeter – Guitarra
Skip Mullis – Baixo
Danny Belli - Bateria

In The Name Of Rock
Site Oficial http://www.madmargritt.com

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.