Resenha - Heaven On Earth - Sweet Little Sisters

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Site Oficial - http://www.abo-net.de/sls

5000 acessosQuais são os rockstars mais chatos do mundo?5000 acessosQueen: ouça a voz isolada de Freddie Mercury em clássicos

Michael Frank (Guitarras & Vocais)
Dirk Schwichtenberg (Teclados & Vocais)
Jochen Rey (Vocais)
Holger Marx (Bateria & Vocais)
Sven Neuschaefer-Rube (Baixo & Vocais)

Depois de conhecer algo sobre a banda e de ler algumas críticas, passei a acreditar que o Sweet Little Sisters fazia um hard rock seguindo, mais ou menos, a linha de Poison/Winger/Warrant/etc. No entanto, ao ouvir o CD me surpreendi. Os alemães realmente têm um envolvimento com o hard rock, mas não da maneira que eu pensava.

É difícil falar com exatidão sobre a sonoridade da banda. Eles soam como o Rush em algumas músicas. Porém, em outras, beiram o metal melódico, lembrando mais a atual fase do Helloween

As letras, definitivamente, fogem da linha do hard rock que eu imaginava. Falam sobre assuntos diversos, colocando a cabeça dos ouvintes/leitores para funcionar. Nenhuma música se limita àquela coisa melosa e já manjada de só amor, amor e mais amor.

Jochen Rey deixa muito a desejar. Todos os integrantes têm participação com backing vocals e em algumas faixas, como "Invisible Cage", conseguem até 'enganar' um pouco e esconder as limitações e falhas de Jochen. Porém, no geral, os erros ficam visíveis. Têm momentos em que 'a música pede' pelo amor de Deus para ele ir um pouco mais agudo ou se segurar no grave, mas ele faz tudo ao contrário. Terrível, duro de agüentar.

Os outros membros da banda se apresentam bem. Michael Frank tem um bom fraseado, constrói boas melodias, mas alguns de seus solos ficam um pouco apagados, mostrando que em "Heaven On Earth" existem erros lamentáveis também na produção.

Eles têm um estilo único e músicas de destaque, mas precisam caprichar um pouco mais na produção e trabalhar mais com os vocais.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Sweet Little Sisters"

HumorHumor
Quais são os rockstars mais chatos do mundo?

QueenQueen
Ouça a voz isolada de Freddie Mercury em clássicos

Phil AnselmoPhil Anselmo
Vocalista mostra seu barraco em Louisiana

5000 acessosAndreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"5000 acessosRaul Seixas: Em carta psicografada, o alerta sobre a Sociedade Alternativa e as drogas?5000 acessosVinícius Neves: O apresentador do Stay Heavy mostra sua coleção5000 acessosIra! - Para entender os mods5000 acessosFloor Jansen: deveria acabar este lance de "Metal com vocais femininos"5000 acessosGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos

Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online