Resenha - Masquerade Overture - Pendragon

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar Correções  

Algumas bandas têm momentos maravilhosos, lançam álbuns excelentes, mas, parece, que depois caem na mesmice ou então perdem a própria identidade. Outras, seguem sempre uma linha, mas sem deixar a qualidade do som de lado e sempre com alguma surpresa em cada lançamento e esse é o caso do Pendragon.

publicidade

Com 22 anos de existência, eles seguem fazendo um rock progressivo sensacional e parece que se superam a cada dia. "The Masquerade Overture", o décimo álbum da banda, é a prova disso.

A capa é uma obra de arte. Aliás, isso já faz parte da essência do Pendragon. Sempre capas muito belas. As melodias/harmonias/letras das músicas são incríveis e envolvem quem as ouve. Muita variação de temas, solos de guitarra, teclado e baixo extremamente bem compostos e integrados fazem, de "The Masquerade Overture" um dos melhores álbuns da história do Pendragon.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Gosto é gosto: Quem ouve Heavy Metal ouve apenas Heavy Metal?Gosto é gosto
Quem ouve Heavy Metal ouve apenas Heavy Metal?

Overkill: mandando recado ao Avenged SevenfoldOverkill
Mandando recado ao Avenged Sevenfold


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin