Resenha - Heavy Metal Force - Soldier

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

6


O Soldier vai aos poucos retornando ao cenário metálico. Após um bom EP (também lançado pela Hellion Records no Brasil), a banda agora solta uma coletânea com sons antigos, sons ao vivo e uma música nova, gravada em 2003. Nada mal para quem ficou muito tempo inativo.

publicidade

"Sheralee" e "Force" são dois bons exemplos do heavy mais chegado ao hard-rock, com boas melodias e vocais bem colocados, enquanto "Fire in My Heart" é a famosa balada metálica.... simples e agradável, com boas incursões acústicas. A banda realmente tinha um pé no hard-heavy, como mostram "Lost in Time", "Making a Stand" (suave, mais uma boa balada), "Man From Berlin" (com fortes influências de Iron Maiden) e "Lost and Found" (mais uma balada). O estranho é que consta que essas faixas foram gravadas ao vivo, mas não existe nenhuma presença de público, o que compromete o resultado final com certeza.

publicidade

Já "Magician", "Silver Screen Teaser" e "For You" (outra bem influenciada pelo Iron Maiden) são demos antigas, ainda não lançadas, aonde a banda mostra um excesso de músicas lentas e pouco criativas, novamente com uma produção precária. Já "I’m Taken In" foi gravada em 2003, e mostra uma banda mais pesada, investindo forte no heavy tradicional, destoando muito das demais.

publicidade

Um cd sem sal. Alguns bons momentos, mas nada que possa acrescentar algo a discografia da banda. Resta ver se agora eles engrenam e voltam com um cd completo, e não com colchas de retalhos.

Site oficial: http://www.soldier.com

Material Cedido por:
Hellion Records
Http://www.hellionrecords.com.br
São Paulo (SP)

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Dave Mustaine: há bandas cujo nome me ofendeDave Mustaine
"há bandas cujo nome me ofende"

Raul Seixas: 10 importantes obras do Maluco BelezaRaul Seixas
10 importantes obras do Maluco Beleza


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin