Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemO dia que Serguei fez um react do clipe de "Recomeçar", o hit do Restart

imagemAdrian Smith conta como Iron Maiden permaneceu forte e era grunge passou

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemMetade das pessoas com menos de 23 anos desconhecem Pink Floyd, David Bowie e Bon Jovi

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagem"Metal Tour Of The Year" chega ao fim e Megadeth agradece bandas participantes

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemFrank Zappa disse a Steve Vai que ele soava como "um pão com mortadela elétrico"

imagemOzzy Osbourne diz que "tinha muito o que provar" com "No More Tears"


Slayer: a terrível história por trás da clássica "Dead Skin Mask"

Por Mateus Ribeiro
Em 15/01/22

A banda Slayer lançou grandes músicas durante a sua longa carreira, que infelizmente, foi encerrada em novembro de 2019. As canções escritas por Tom Araya e seus parceiros abordam temas macabros e pesados, como violência, morte, guerra e assassinos em série. Uma dessas músicas é a clássica "Dead Skin Mask", faixa do ótimo "Seasons In The Abyss", quinto trabalho do quarteto, lançado dia 9 de outubro de 1990.

"Dead Skin Mask" já chama a atenção pelo seu título, que em português significa "Máscara de pele morta". A música possui ritmo cadenciado e uma atmosfera extremamente perturbadora. A letra, igualmente assustadora, fala sobre um dos seres humanos mais bizarros que já pisou no Planeta Terra, chamado Ed Gein.

Edward Theodore Gein nasceu em La Crosse, cidade localizada em Wisconsin (EUA), em 27 de agosto de 1906. Desde criança, apresentava um comportamento estranho e era muito dependente de sua mãe, Augusta, uma mulher muito religiosa, que criou Ed de forma extremamente rígida.

Com a morte de Augusta em 1945, Ed ficou sozinho no mundo, uma vez que seu pai e seu irmão haviam falecido. E foi a partir daí que a vida dele se tornou conhecida, infelizmente, por motivos nada nobres.

Apesar de levar uma vida teoricamente pacata na casa de sua família e não despertar suspeitas, Ed foi preso em novembro de 1957, por conta do desaparecimento de uma senhora chamada Bernice Worden. Bernice era dona de uma loja e Ed foi o último cliente atendido antes do sumiço. No mesmo dia que o desaparecimento foi relatado, o suspeito foi preso.

As autoridades competentes realizaram buscas na casa de Ed e além do corpo de Bernice (que estava decapitado e pendurado), foram encontrados itens perturbadores, como: crânios, narizes, o coração e a cabeça da vítima desaparecida, além de máscaras feitas com pele humana (daí a inspiração para o título da música).

Como Ed conseguia tudo isso? Ele violava túmulos e levava para sua casa partes dos corpos de mulheres de meia idade que ele achava parecidas com sua mãe. Os órgãos eram levados por ele até sua casa e serviam como itens decorativos e utensílios.

Nota: caso queira conferir algumas fotos da casa, existem algumas disponíveis na Internet, porém, são imagens EXTREMAMENTE fortes e perturbadoras. Tenha cuidado!

É claro, óbvio e evidente que tamanha bizarrice não passaria em branco. Ed foi preso e posteriormente enviado para um hospital psiquiátrico, onde passou o resto dos seus dias.

Considerado um dos criminosos mais insanos de todos os tempos, Ed faleceu em 26 de julho de 1984, por conta de um câncer. A sua vida no mundo do crime inspirou personagens dos filmes "Psicose", "O Massacre da Serra Elétrica" e "O Silêncio dos Inocentes".

O sádico criminoso também inspirou Jeff Hanneman e Tom Araya, respectivamente, guitarrista e baixista/vocalista do Slayer, que escreveram "Dead Skin Mask". Inclusive, no final da música, é possível ouvir uma voz, que simula o último diálogo entre Ed e uma de suas vítimas, alternando com o refrão. Veja abaixo a tradução da mórbida conversa, que traz entre parênteses as falas da vítima.

"Danço com os mortos em meus sonhos
(Olá? Olá Sr. Gein?)
Ouço seus gritos vazios
(Sr. Gein?)
Os mortos tomaram conta da minha alma
(Deixe-me sair daqui, Sr. Gein)
A tentação me fez perder o controle
(Sr. Gein? Eu não quero mais brincar, Sr. Gein)
Danço com os mortos em meus sonhos
(Sr. Gein, não é mais divertido)
Ouço seus gritos vazios
(Eu não quero mais brincar, Sr. Gein)
Os mortos tomaram conta da minha alma
(Sr. Gein? Deixe-me sair daqui, Sr. Gein)
A tentação me fez perder o controle
(Deixe-me sair, deixe-me sair!)"

Agora que você já sabe um pouco mais sobre "Dead Skin Mask", é hora de apertar o play e curtir esse grande clássico da banda mais cruel da história do metal.


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Thunderspell: divulgado cover de "Tormentor", do Slayer




Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.